sexta-feira, 30 de junho de 2017

TRÁFICO - Polícia de São João do Ivaí apreende menores traficantes

Dois adolescentes abordados pela Rotam e que já eram investigados pela Delegacia de Polícia, foram apreendidos. Nas casa deles, quase meio quilo de maconha e crack 
ENTREVISTA - Ouça a fala da Delegada Dra. Karen, no link de Vídeo, a esquerda     
    Uma ação  eficiente que envolveu as Policiais Militar e Civil, de São João do Ivaí, no dia 29 de junho, resultou na apreensão de cerca de meio quilo de maconha e ainda diversas pedras de crack, fatos que evidenciam a suspeita que já existia contra três adolescentes acusados de tráfico de entorpecentes. Segundo a jovem delegada, Dra Karen Friedrich Nascimento, denúncias e outras informações apuradas por suas equipe, desencadearam uma investigação que já era realizada há alguns dias. "A delegacia estava realizando diligências em busca de três menores que estavam traficando em São João do Ivaí e estavam morando sozinhos, e quando a PM, equipe da Rotam, chegou com os menores na Delegacia, com certa quantia de drogas, surgiu a suspeita que eles poderiam ser os jovens que estávamos a procura. Então levantamos informações de onde seria a casa que os mesmos estavam morando, inclusive um deles estava com a chave, local onde foi encontrado quase meio quilo de maconha e vários objetos", informou a Delegada Karen, ao repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau". Ela também agradeceu o apoio da comunidade que deve continuar denunciando anonimamente e colaborando para que estes resultados positivos, sejam possíveis. PRISÕES E APREENSÕES - A Primeira apreensão, ocorreu por volta das 14 horas, de 29 de junho,  quando a Rotam, fazia patrulhamento na Rua Augusto Coutinho de Casto, e visualizou dois menores de 16 e 17 anos. Ao notar a presença da viatura, agiram de forma suspeita e foram se distanciando um do outro. Ao serem abordados, foi feita uma revista pessoal, sendo que um deles não portava nada ilícito, mais o segundo, tinha dinheiro na carteira, 16 (dezesseis) pedras de crack, envolvidas em papel alumínio prontas para consumo e ainda uma bucha de maconha enrolada em papel branco, Após chegar na delegacia e identificar a casa onde moravam,  próximo ao Colégio Arthur Azevedo,  foi realizada também uma varredura no local. Nos fundos do quintal, em um canto do muro, os PMs encontraram, envolto a um plástico branco, uma sacola contendo 33 invólucros de maconha, prontos para consumo, totalizando 425 gramas, ou seja, quase meio quilo. Também 48 pedras de crack que pesaram mais 6.1 gramas. Dentro da casa, em um dos quartos, buchas de maconha e crack; atrás do sofá, foram apreendidas mais 300 gramas de maconha e dentro do alçapão da residência, oito buchas de maconha e duas identidades dos autores. Na casa também haviam vários objetos como: TV, Celular e outros, de origem duvidosa, que pode ser resultado do tráfico, por isso, foram apreendidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário