quinta-feira, 1 de junho de 2017

TRÁGICO - Após acidente de trator com morte, tratorista foi detido

          TRÁGICO EM BORRAZÓPOLIS         
José Cabral Miranda estava de carona em um trator que tombou na conhecida estrada do Bairro Cilano.  A vítima faleceu no local. O tratorista foi detido após confessar que ingeriu bebida alcoólica 

     Por volta das 04 horas da madrugada, desta quinta-feira, dia 1º de junho, de 2017, aconteceu acidente fatal na zona rural do município de Borrazópolis, mais precisamente na estrada do "Bairro Cilano", próximo a casa do conhecido "Daríl dos Patinhos" . Segundo informações que a reportagem, do Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, apurou,  no local, o trator, um Valmet 785, estava trafegando na via rural; conduzido pelo agricultor Eder Tavares, e de carona, sentado no para-lamas, a vítima fatal, identificada por José Cabral Miranda, de 51 anos. Ao que tudo indica, o condutor perdeu o controle e tombou o trator em um pequeno barranco que fica na margem direita. Com o acidente, Eder Tavares saiu ileso, mas José Miranda ficou prensado embaixo da máquina e teve a cabeça esmagada pela capota do Valmet. Moradores do Bairro foram os primeiros a tomar conhecimento do fato. Eles avisaram a  Polícia Militar, que em seguida acionou a  Polícia Civil, Delegacia de Faxinal, e também o IML - Instituto Médico Legal de Apucarana, para fazer os devidos levantamentos, apurar exatamente como o fato aconteceu e recolher o corpo. José Cabral Miranda, era viúvo, perdeu a esposa vítima de câncer em 2016, e deixou órfão, um filho. Ele também era irmão do conhecido "Afonso Miranda", eletricista da prefeitura de Borrazópolis. Amigos, lamentaram o fato.  INVESTIGAÇÃO - A Polícia Civil, de Faxinal, Delegado, Dr. Antônio Sílvio Cardoso, autuou por "Homicídio com Dolo Eventual", o tratorista Eder Tavares, de 31 anos, que conduzia o Valmet modelo 785, que tombou na zona rural de Borrazópolis, estrada do Bairro Cilano, provocando a morte de José Cabral Miranda, de 51 anos, na madrugada de 1º de junho, de 2017. A interpretação ocorreu após o próprio agricultor declarar que ingeriu bebida alcoólica antes do acidente. Ele foi preso em sua residência. O dolo eventual é caracterizando quando o acusado não queria cometer o crime, mas assumiu o risco de causar um resultado previsto, por causa da atitude de beber e dirigir. Tavares fica a disposição do poder judiciário, com a opção de aguardar o julgamento em liberdade, após imputação de fiança. No dia 01 de junho, a Polícia Militar, registrou o boletim com detalhes sobre o que foi constatado no atendimento da ocorrência. "No local, segundo informações de populares, o maquinista do trator evadiu-se e estaria embriagado. Diante dos fatos, a equipe realizou diligências, juntamente com a Polícia Civil, e logrou êxito em localizar o mesmo em um Sítio, na Estrada do Cambuta. Perguntado se havia ingerido bebida alcoólica, respondeu que sim; oferecido o teste do etilômetro, concordou em realizá-lo, aferindo o resultado de 0,62 mg/l. Foi dada voz de prisão e feito o encaminhamento para para 53ª Delegacia Regional, de Faxinal, para as medidas cabíveis", informou o Boletim da PM. Familiares e amigos informaram que ele não se evadiu, apenas foi levado para a casa, porque estava muito nervoso com o ocorrido, principalmente por ter perdido um amigo. Eles também afirmaram que foi uma fatalidade e não um crime de homicídio doloso, por isso, iriam a justiça contestar a acusação.

 SEPULTAMENTO - 
Velório e sepultamento na cidade de Borrazópolis 



Corpo foi liberado do IML às 11:50 horas, de quinta-feira, dia 1º de junho, para velório e sepultamento. Segundo o agente Funerário Mauro Senes, da Funerária Nossa Senhora de Lourdes, que falou ao Berimbau, a família decidiu pelo velório na Capela Mortuária e sepultamento ocorreu no cemitério local, no dia 02 de junho. A missa de Corpo Presente foi às 08 horas da manhã.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário