sábado, 18 de fevereiro de 2017

IVAIPORÃ- Exercício ilegal da profissão na cidade de Ivaiporã

Polícia Civil de Ivaiporã apreendeu materiais odontológicos e fez termo circunstanciado de exercício ilegal da profissão contra um suposto protético
Familiares e advogados de defesa do Roberto Carlos Rinaldi, que foi citado como falso dentista em Ivaiporã, manteve contato com nossa reportagem para dizer que ele nunca atuou como Dentista. "Esclarecemos que Rinaldo nunca atuou de forma ilegal, exercendo a profissão de Dentista e que na casa do mesmo, foi apenas cumprindo um mandado de busca e apreensão e não de prisão. Tal busca, culminou com apreensão de materiais utilizados tão somente em próteses dentárias, que é função do protético", afirmaram familiares. Eles também disseram que Rinaldo é membro de uma família tradicional, idônea e jamais foi preso e, que na ocorrência em questão, ele foi alvo apenas de um termo circunstanciado e que até o final do inquérito instaurado, ficará provado sua inocência. Nossa reportagem também se colocou a disposição da Defesa, para outros esclarecimentos. SOBRE OS FATOS- O Blog do Berimbau teve acesso ao Boletim da Delegacia, nele consta que a Polícia Civil de Ivaiporã realizou uma operação para verificar uma denúncia de exercício ilegal da profissão, pois apesar da apreensão apenas de materiais protéticos, havia denúncia de que o acusado poderia estar atuando também com dentista. Ao chegar no endereço, no dia 17 de fevereiro, Rua Diva Proença, numeral 2.230, o Delegado Dr. Gustavo Dante e os agentes João Batista e Alvino Cândido (Preto), fizeram apreensões. . "Recebemos denúncia narrando os fatos. Para que ficasse melhor apurado, protocolamos o pedido de autorização judicial para cumprir o mandado de busca e apreensão, o qual foi deferido pela Juíza da Comarca local", disse o Delegado - Dr. Gustavo ao radialista Ronaldo Senes, o "Berimbau". O acusado, Roberto Carlos Rinaldi, mantinha em sua residência vários materiais e instrumentos de uso odontológico ou protético. Tudo foi levado para a Delegacia, onde a denúncia será devidamente apurada. MATERIAIS APREENDIDOS: Durante a busca e apreensão foram apreendidos no endereço: Dezenove moldes para dentaduras; um bico Bunsen; nove ferramentas de dentista ou protético; uma faca e colher com vestígios de alginato; três resinas acrílicas com 225 gramas; um líquido acrílico termo polimerizável de 240 Iml; uma ferramenta de cobre de prótese dentária; trinta e nove amostras de dentes de resina acrílica; duas caixas de cera; duas agendas; um vidro contento a substância avagel, uma caixa de cera para impressão de moldes; dois pincéis; um isolante para acrílico de 120 Iml; um motor bethil; um mine motor bethil e um orçamento no valor de R$34,19 reais para confecção de próteses dentárias. O delegado ainda afirmou ao Radialista Ronaldo Senes, o "Berimbau", que as apreensões foram de materiais utilizados apenas na fabricação de próteses dentelárias e que que tudo está sendo devidamente apurado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário