quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

POLÊMICA - SÃO JOÃO DO IVAÍ

Pais de alunos do Colégio Estadual Arthur de Azevedo pedem apoio do prefeito para reverter decisão do Governo do Estado
Pais de alunos do 3º ano do Colégio Estadual Arthur de Azevedo se reuniram na manhã dessa quarta-feira (22 de fevereiro), com o prefeito Fábio Hidek Miura, para pedirem apoio no sentido de reverter a medida do Governo do Estado, que resultou no fechamento de um turma no período matutino. Segundo os pais, a turma na manhã tem 52 alunos dentro da mesma sala de aula.  A superlotação preocupa toda a comunidade escolar, visto que o colégio não possui uma sala com capacidade para acomodar todos os estudantes, dando condições básicas para o andamento das aulas. Miguel Proença é um dos pais que procuraram o prefeito. Ele disse que devido a superlotação, a direção do colégio anunciou que a única solução será realizar um sorteio para definir os alunos que serão transferidos para a turma da tarde, que hoje está 17 alunos matriculados.  Os pais reclamam que muitos alunos não podem estudar a tarde, seja por motivo de trabalho ou estudos complementares, uma vez que eles estão no último ano do ensino médio e se preparam para tentar ingressar em uma faculdade. "Sem contar do direito de escolha que está sendo tirado dos alunos. Muitos estudaram toda a vida pela manhã e não querem trocar o turma, defendendo que o rendimento é melhor".  O prefeito Hidek ressaltou que o município não tem interferência na mudança, mas se sensibilizou com a situação, afirmando que estará levando o caso ao conhecimento dos deputados estaduais que obtiveram votos no município. "O que podemos fazer nesse momento é tentar interferir politicamente, pedindo para que os deputados que representam o município tentem revogar a decisão do Estado", disse o prefeito. Hidek segue em viagem a capital na tarde desta quarta-feira e prometeu uma resposta aos pais até a tarde desta quinta-feira (23). Ele afirma que dará apoio aos pais e alunos para que uma nova turma de 3º ano seja aberta no período da manhã. "Podem contar com o nosso apoio e trabalho, pois entendemos que a situação é delicada e prejudica os alunos, como também os professores".  (Dá Assessoria)

Um comentário:

  1. Pois é, elegeram o safado em primeiro turno estourado, agora tem q ficar mendigando para o prefeito, fala verdade vcs reamente acham que eles se importam. Somente farão o teatrinho para inglês ver.

    ResponderExcluir