segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

SAÚDE - Prefeitos debatem implantação do Samu - Ivaiporã

Após  reunião prefeitos decidem que Samu com bases em: Ivaiporã, Manoel Ribas e São João do Ivaí será inaugurado no dia 26 de maio 

No final da manhã de segunda-feira, dia 20 de fevereiro, foi realizada uma reunião em Ivaiporã com prefeitos, vice-prefeitos, e secretários de saúde para debater a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na 22ª Regional de Saúde, que terá bases em Ivaiporã, São João do Ivaí e Manoel Ribas. Já em 2016, os 16 municípios do Vale do Ivaí, que representam 138 mil habitantes e que passarão a contar com a nova estrutura, haviam decidido pelo integração com o Samu administrado pelo Consórcio Intermunicipal de Urgência e Emergência do Noroeste do Paraná (Ciuenp). Com a confirmação das adesões, Umuarama já anunciava que passaria a ser a base do maior Samu do país com quase 30% das 399 cidades do Estado. O presidente do Ciuenp, Almir de Almeida, esteve presente na reunião de Ivaiporã, neste dia 20 de fevereiro, e polêmica maior ficou com relação aos municípios que tem dívidas junto ao SAMU, pois antes mesmo da inauguração, as prefeituras já vinham pagando o valor de 80 centavos por morador (per capita). Cândido de Abreu; Santa Maria do Oeste, Rosário do Ivaí e Ivaiporã, são os inadimplentes. Ao final ficou decidido, que estas cidades vão pagar 24 parcelas, corrigidas pelo juro de poupança. O Sistema já conta com 1.5 milhão de reais, graças ao convênio com os prefeitos, e seu custo mensal, quando em funcionamento, deve ficar entorno de 300 mil. CIDADES DA REGIÃO - Arapuã, Ariranha do Ivaí, Cândido de Abreu, Cruzmaltina, Godoy Moreira, Jardim Alegre, Lidianópolis, Lunardelli, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Tebas, Rio Branco do Ivaí, Rosário do Ivaí, Santa Maria do Oeste e São João do Ivaí, além de Ivaiporã, sede da 22ª Regional de Saúde.  (Fotos de Lucia Lima e Sérgio Oliveira)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário