terça-feira, 16 de maio de 2017

FAXINAL - MONUMENTO

Monumento marca os 37 anos da Maçonaria na cidade de Faxinal. 

A Loja Maçônica XIII de Maio comemorou no sábado dia 13, seus 37 anos de fundação em Faxinal. A data foi marcada com a inauguração de um monumento na rotatória central da cidade, próximo a Ciretran local, denominado “Rotatória XIII de Maio”, pelo Prefeito Municipal de Faxinal Ylson Álvaro Cantagallo, e pelo Venerável Mestre da Loja, Júlio César Nogueira Dutra e membros integrantes da Loja, e uma homenagem às Mães no interior do Templo da Loja Maçônica, por integrantes da Ordem DeMolay, Capítulo de Apucarana nº 80, que contou com a presença, convidados, autoridades, membros e familiares da família maçônica, e terminou com um jantar de confraternização no salão social da Loja.  Historicamente se faz necessário lembrar que a Loja XIII de Maio foi fundada em 13 de maio de 1980, cujas primeiras reuniões se realizaram no Templo da Loja São João de Grandes Rios, posteriormente em casas de membros e locais locados em Faxinal, sendo finalmente possível inaugurar sua sede própria no dia 28 de abril de 1984, onde se encontra até os dias atuais. O Monumento,  agora inaugurado na área central da cidade,  marca de forma significativa o 37º Aniversário de fundação da Loja Maçônica XIII de Maio, leva o nome de “Rotatória XIII de Maio”, e é objeto de concessão de uso a título gratuito de bem público por trinta anos, pela Lei Municipal nº 1.991/2017, de 18 de abril de 2017, que visa a conservação, manutenção e embelezamento da rotatória ao longo do tempo previsto. A cerimônia de inauguração aconteceu na manhã do sábado, dia 13 de maio, do qual se fizeram presentes o Prefeito Municipal Ylson Álvaro Cantagallo, vereadores José Pinto de Oliveira, Édi Willian Moreira dos Santos, Marcela Carvalho Rodrigues e Ivone Rodrigues de Oliveira, o Secretário Municipal de Saúde Vinícios Costa, Representante da Polícia Militar, o Presidente e Venerável da Loja, Júlio César Nogueira Dutra, membros da Loja e esposas.  Após os pronunciamentos das autoridades, o responsável pelo cerimonial, Paulo Geremias Irmani fez um breve relato falando sobre a Maçonaria e da importância da data, ainda sobre o significado das figuras representadas na estátua do Monumento, afirmando que “a maçonaria é a maior e mais antiga instituição do planeta terra, e por quê se mantém viva e forte? Porque está alicerçada nas leis de Deus e no amor ao próximo. A maçonaria não é religião, mas é religiosa, pois que acredita em Deus, o criador supremo; respeita todas as religiões; não se torna maçom sem acreditar em Deus e não se inicia uma reunião sem ler a Bíblia Sagrada. É uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista. A maçonaria não é secreta, mas é discreta, não costuma divulgar o bem que faz. Sobre treze de maio lembramos que em 13/05/1888 a princesa Isabel assinou a carta de abolição da escravidão. Nós temos como lema: IGUALDADE, LIBERDADE, FRATERNIDADE entre todo o gênero humano. Sobre o Monumento é um Ser se lapidando das asperezas que a vida lhe impõe, trabalhando incessantemente, representa o homem trabalhador de Faxinal, incansável, visionário, destemido que não mede esforços em prol do trabalho e das melhorias para com sua cidade e país. Este trabalhador tem seu norte em Deus e em suas leis através da BÍBLIA SAGRADA.  Como parte integrante das comemorações, teve início às 18:30 horas no interior do Templo da Loja Maçônica, uma homenagem às Mães, denominada “Cerimônia das Flores”, brilhantemente apresentada por integrantes da Ordem DeMolay, Capítulo de Apucarana nº 80, que gentilmente vieram em quatorze membros, acompanhados do Presidente do Conselho Consultivo David Navarro, para abrilhantar o evento comemorativo.  O evento que se encerrou com um jantar de confraternização no salão social da Loja., contou com a presença do delegado distrital Grande Loja do Paraná, Ivo Wissner, do ex delegado Altimar José Carleto, Heron, e demais representantes e do Venerável da Loja Maçônica Moreira Sampaio de Apucarana, Mário Bianchi, que na oportunidade entregou ao Venerável Júlio César Nogueira Dutra, uma Placa alusiva ao aniversário da Loja, ainda Adão Openheimer, representante da Loja Maçônica João Túlio Marcondes de França Júnior, de Grandes Rios.  (Texto: João Pedro Taborda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário