domingo, 27 de agosto de 2017

APUCARANA - Polícia recebeu denúncia que Mercearia vendia droga

Ao chegar no estabelecimento, foram apreendidas pequenas quantidades de droga e algumas pessoas por suspeita de tráfico, consumo de entorpecente e desacato 
        A Polícia Militar de Apucarana registrou tráfico de drogas, na Avenida Aviação, no conjunto Tancredo Neves. O boletim divulgado no domingo, dia 27 de agosto, informou que o plantão recebeu denúncia do 08006431161, dando conta de que na Mercearia Castelo Branco, em frente ao colégio Massareto, havia tráfico de entorpecentes com grande movimento de veículos e pessoas. Ao fazer vigilância nas proximidades, a Pm percebeu que indivíduos entravam e saíam sem nada em suas mãos, aumentado a suspeita, que estavam comprando drogas. Ao entrar no estabelecimento, a Pm encontrou a pessoa de Fabíola Natália de Oliveira, a qual já possui passagens por tráfico de entorpecentes. Com ela, havia uma pequena porção de droga, aparentando ser haxixe, quatro pinos cheios de cocaína e porções de crack que somadas dariam cerca de 7 a 10 pedras para o consumo, bem como 645 reais em dinheiro, além TV, cigarros contrabandeados e um vídeo games, guardados em baixo do balcão, os quais ninguém soube explicar a origem. Durante a busca, entrou na Mercearia, o senhor Luís Henrique Gama Linardi, o qual assumiu ser o dono do estabelecimento, porém não sabia responder perguntas obvias sobre o local, como quanto pagava de conta de luz, e onde estava escondida a droga. Também surgiu a Tatiane, mãe de Fabíola, que começou a desacatar os policias. A PM, informou que todos foram levados para a Delegacia, e que a denúncia aponta que o dono do estabelecimento seria uma tal de “Gago”, de nome Carlos Eduardo, convivente de Fabíola. RESPOSTA- Todos os citados negaram envolvimento com o tráfico de drogas, e os demais crimes imputados. (Nas fotos divulgada pela PM, aparem Fabíola e Luiz Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário