terça-feira, 8 de agosto de 2017

URGENTE - Operação prende, em Ivaiporã, acusados de assalto a ônibus

Operação, em Ivaiporã, tirou de  circulação acusados de crimes como tráfico, furtos e roubos a ônibus de turismo na região de Campo Mourão e Engenheiro Beltrão
ENTREVISTA - No link de vídeo, ouça entrevista com o Major Sagati, de Ivaiporã 
A 6ª Companhia Independente da Polícia Militar de Ivaiporã, comandada pelo Major Sagati, amanheceu a terça-feira, dia 08 de agosto, cumprindo pelo menos 13 mandatos de busca, apreensão e prisão na referida cidade de Ivaiporã. Ao vivo, pela Rádio Nova Era, Sagati informou que aproximadamente 15 viaturas, com 40 policiais, participaram da ação. Por volta das 07:30 horas da manhã, treze pessoas estavam presas, uma delas, na cidade de Londrina. Apenas um jovem não foi encontrado no endereço indicado, e segundo familiares ele estava viajando, o qual se apresentou no dia 10 de agosto. Eles são acusados de crimes como tráfico de drogas, furtos e roubo a ônibus de turismo na região de Campo Mourão e Engenheiro Beltrão, onde os crimes desta natureza são constantes. A 4ª Companhia de Londrina, deteve a pessoa de Diego Canestri Moreno, apontado como o chefe da organização, e dos 13 mandados expedidos, somente um não foi cumprido, ou seja, de Paulo Hiroshi do Prado Miyabara, sendo o mesmo detido em data posterior pela Polícia Civil. Outros três já estavam presos por situações anteriores, entre eles: Diego Sapatini, de 26 anos, recolhido desde o dia 03 de agosto, quando foi flagrado, com mais três jovens, chegando a Ivaiporã com 9.014 quilos de maconha - clique para rever. Nas revistas realizadas nas residências, foram localizados e apreendidos diversos objetos, entre eles duas armas de fogo, munições calibre .40 e 22, drogas, dinheiro em espécie de várias nacionalidades, balaclavas, instrumentos para conter trânsito, rádios-comunicadores e celulares, além de um veículo VW/Jetta. "Existe uma investigação com fatos que evidenciam a participação dos acusados em crimes praticados no Paraná. Prova desta afirmação, é que o poder judiciário autorizou suas prisões. A partir de agora, novos detalhes serão apurados", disse o Major ao repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau".  PRESOS -  Além dos nomes já citados, os demais presos são: Alley Fernando Dionísio; Douglas Tavares Oliveira; Gerson Aparecido de Souza Júnior; Hugo Giovanni Tambalo; Lucas Esquianti Milanezi; Renan Volpe Vieira; Ruan Alex Ruiz Dias; Woolfiguan Peterson Sales. Ouça no link de vídeo a entrevista e narrativa do nome dos detidos.  RESPOSTA - Todos os acusados negaram participaram nos crimes de formação de quadrilha. Alguns ficaram de enviar notas  para a nossa reportagem, para publicação em data posterior. 

2 comentários:

  1. Vagabundossss fdps,ate q enfim a policia ta colocando as maos neles...

    ResponderExcluir
  2. Será que não foram eles que mataram o caseiro Donizete na pedreira de Ivaiporã para roubar.

    ResponderExcluir