sábado, 2 de setembro de 2017

ENTREVISTA - Deputado Enio Verri, e as polêmica da Capital Federal

      ENTREVISTA - Em entrevista ao repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau", Enio Verri comentou sobre temas de Brasília, entre eles,  as polêmicas entorno no rombo bilionário 
          O final de agosto e início de setembro, de 2017, foi marcado por muitas polêmicas em Brasília, uma delas, foi a matéria em que Temer teve que enviar ao Congresso, uma proposta de orçamento com os números desatualizados. Os parlamentares aprovaram a permissão para um rombo maior nas contas públicas, mas não concluíram a votação. A proposta de orçamento de 2018 só foi assinada no começo da noite, de 31 de agosto, pelo presidente em exercício, Rodrigo Maia. O texto chegou ao Congresso com números velhos. A nova meta fiscal de 2018 foi aprovada com um déficit de R$ 159 bilhões, mas como a votação não foi concluída, o governo teve que mandar o orçamento usando a projeção antiga, um rombo de R$ 129 bilhões. Os parlamentares também aprovaram a nova meta fiscal de 2017. O déficit passou de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões. Deputados de oposição, tentaram impedir a votação. O fato é que o debate vai continuar. Ouça a entrevista de Enio Verri, onde ele comenta estes assuntos e diz que Temer afirmava ser a Dilma o problema, mas depois que ele assumiu o Governo, as crises não param e o rombo continua cada vez maior. Ouça a matéria completa no link de vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário