07/03/2021

IVAIPORÃ - Prefeitura segue medidas do Estado, que liberou comércio e aulas

Vale referir que o Governo prorrogou por 48 horas a validade do Decreto 6.983/2021 com medidas restritivas de combate ao coronavírus
Neste sábado, dia 6 de março, o prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, vice-prefeito Marcelo Reis e a diretora do Departamento Municipal de Saúde, Cristiane Pantaleão, participaram da live, transmitida a partir do salão nobre da Prefeitura, para explicar o Decreto 13.654 de 6 de março de 2021, que ratificou as disposições dos Decretos Estaduais 7001/21 e 7020/21 do Governo do Estado do Paraná, após o governador Carlos Massa Ratinho Júnior anunciar a flexibilização das medidas restritivas para conter a onda de contaminação pelo Covid-19. Vale referir que o Governo prorrogou por 48 horas a validade do Decreto 6.983/2021 com medidas restritivas de combate ao coronavírus. O documento, que venceria às 05h00 da segunda-feira, dia 8, será estendido até as 05h00 da quarta-feira, dia 10, passando a vigorar o Decreto Estadual 7.020/2021, com duração de 7 dias e término previsto para as 05h00 da quarta-feira, dia 17 – podendo ser prorrogado ou não, a depender do da propagação da doença no Paraná. Durante a live Carlos Gil, Marcelo Reis e Cristiane Pantaleão pediram compreensão à população e colaboração no sentido de evitar contatos e consequentemente mais contaminação pelo coronavírus sob pena de ser necessário leitos de internamento e não haver, uma vez que o crescente número de casos positivos de Covid-19 é uma realidade no Estado, assim como a procura por leitos de enfermaria e UTI. Cristiane Pantaleão explicou que as medidas restritivas refletiram na queda do número de consultas no Centro de Triagem Coronavírus. Mas a quantidade de casos ativos preocupa as equipes de saúde. O município tem 248 casos ativos e 103 pacientes aguardam resultados do Lacen [dados das 16h00 do sábado, dia 6]. “O vírus desta onda de contaminação é muito mais agressivo e o número de pessoas com sintomas graves aumentou. Por isso, a ocupação dos leitos não baixa. Nesse sentido, é fundamental que cada um colabore se protegendo, porque os profissionais de saúde estão esgotados”, alertou Cristiane Pantaleão. O coordenador assistencial do Hospital Regional de Ivaiporã, Alcimar Moreira, confirmou que a cepa do coronavírus é muito agressiva, afeta com mais frequência adulto jovem e o tempo de internação surpreende. A enfermeira do Controle de Infecções do Instituto de Saúde Bom Jesus, Elessandra Carmo, e o administrador do Hospital e Maternidade Ivaiporã, Lourival Mossini, também explicaram a procura por leitos de enfermaria e UTI devido ao aumento de casos positivos de Covid-19 e reforçaram a necessidade dos cuidados individuais. Entre algumas medidas adotadas pelo Governo, por meio do Decreto 7.020, constam as seguintes alterações. Comércio das 10h00 às 17h00 - O horário do comércio não essencial sofrerá alteração a partir da próxima quarta-feira, dia 10 de março – passando a funcionar das 10h00 às 17h00, para evitar aglomerações no transporte coletivo, entre segunda e sexta-feira e limite de 50% de ocupação. Escolas - Os ensinos público e privado mantêm suspensas as aulas presenciais na segunda-feira, dia 8, e terça-feira, dia 09. A partir de quarta-feira, dia 10, fica autorizado o retorno, inclusive em universidades e cursos técnicos – desde que seguindo a regulamentação da Secretaria de Estado da Saúde. Restaurantes, bares e lanchonetes - Podem funcionar das 10h00 às 20h00 com 50% de ocupação. Fora desse horário fica restrito apenas à modalidade delivery, que pode operar 24h por dia. Não será permitido pegar no estabelecimento. Toque de recolher mantido - O toque de recolher será mantido das 20h00 às 05h00 no Estado e a proibição de venda de bebidas alcóolicas no citado horário. O horário dos demais estabelecimentos, tais como academias e hotéis, assim como atividades religiosas, e a suspensão de atividades sociais constam no Decreto Municipal 13.654 (ACESSE AQUI) e as medidas do Estado (Decreto 7.020/2021). Denúncias referentes ao descumprimento das medidas podem ser feitas pelo (43) 98457-1928. Também participaram a live os presidentes Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã, Danubia Palma; Sindicato dos Empregados no Comércio de Ivaiporã, Sirlene Martins; Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ivaiporã, Donizete Pires; e a presidente da Câmara de Vereadores, Gertrudes Bernardy. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA