25/03/2021

IVAIPORÃ - Três casos de violência doméstica registrados pela PM

No primeiro caso, na Rua Carlos Gomes, homem agrediu a ex-namorada. Os outros dois registros foram de jovens que agrediram mãe e irmã    
    Entre os dias 23 e 24 de de março, de 2021, a Polícia Militar, registrou três casos de violência doméstica. Um deles, às 23 horas, na Rua Carlos Gomes. Ao chegar ao local, uma mulher disse que estava na residência de seu amigo, local onde passaria à noite, quando seu ex- namorado chegou no local, com intuito de conversar com ela, porem  não queria conversa, portanto o ex começou a bater no portão e passou a forçar a entrada. Após algum tempo, ela decidiu por conversar com o ex, foi quando ambos entraram em um cômodo da residência e ele a segurou pelos braços, empurrando contra a cama. Também jogou boné em seu rosto. Com a chegada da Polícia, as providências foram tomadas. OUTROS CASOS - No dia 24 de março, logo pela manhã, na Rua Ceará, uma mãe disse que foi agredida por seu filho, que chegou em casa e quebrou a tranca da porta, porque ela não queria deixa-lo entrar, por conta de desentendimentos. Os fatos ainda seriam melhor esclarecidos na delegacia, mas a princípio, os dois haviam ingerido bebida alcoólica. O último caso, foi às 19h00min, de 24 de março, na Rua Sete de Setembro. Neste ocorrência, outra solicitante reclamou que seu filho foi até seu apartamento e passou a fazer desaforos para ela e para seus outros filhos, que são irmãos dele, sendo que, em um dado momento, começaram agressões, até que o rapaz, desferiu um tapa no rosto de sua irmã, menor, de 11 anos, e saiu fazendo ameaças, dizendo que iria retornar e dar uma surra em todos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA