03/03/2021

POLÊMICA - Quem está mentindo em Ariranha do Ivaí: prefeito ou vereadores?

Enquanto decreto da Câmara de Vereadores suspendeu sessões, dando folga para os edis, alegando risco com a pandemia, o  decreto do prefeito, liberou comércio e reuniões, apontando justamente o contrário 
    O Blog do Berimbau e a Rádio Nova Era, tiveram acesso a dois decretos editados por políticos em Ariranha do Ivaí. E a conclusão que chegamos é que alguém está mentido: prefeito ou vereadores. Esta conclusão se dá, porque no decreto da Câmara Municipal, os nobre edis alegam que não podem realizar a sessão, ou seja, não podem trabalhar, porque a pandemia avançou no município é há risco a saúde. Leia trecho do documento:
"O momento atual é complexo, carecendo de um esforço conjunto na gestão e adoção das medidas necessárias aos riscos que a situação demanda e o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública. Considerando que medidas devem ser adotadas para que não haja a circulação do vírus em nosso município, decidimos suspender todas as atividades do Poder Legislativo do município de Ariranha do Ivaí, adotando-se como solução cautelosa em defesa da saúde da população em geral", diz o decreto da Câmara, assinado pelo presidente, vereador Idemar José Beletti e endossado pelos demais. Por outro lado, o decreto do prefeito, Thiago Epifânio da Silva, desmente o decreto dos vereadores, ao autorizar o funcionamento do comércio, inclusive, reza que permanecem liberadas as reuniões públicas, desde que seguindo o distanciamento de dois metros quadrados por pessoa e, limitando a no máximo dez pessoas presentes no local. Também há mudança de horários, mas autoriza o comércio a funcionar, devido a baixa circulação de pessoas no município e até porque os casos de covid estão controlados. "Fica estabelecido novo horário de funcionamento para todos os estabelecimentos que compõem nosso comércio local, tais como; bares, lanchonetes, restaurantes, supermercados, mercados, lojas, oficinas mecânicas, posto de gasolina, prestadores de serviços e similares",  assina o decreto, o prefeito Thiago. Por telefone, falamos com o Presidente da Câmara, Idemar. Ele não soube explicar a divergência e, pior, afirmou que o prefeito fez reunião com os vereadores, no dia 02 março, de 2021, e eles concordaram que o comércio deve ficar aberto, porque não há risco por conta da pandemia. Ora, o comércio trabalha e os vereadores ficam de folga?. De qualquer forma, não conseguimos identificar, qual decreto falta com a verdade, por isso, deixamos esta análise para os eleitores, que elegeram prefeito e vereadores e agora devem fiscalizar os seus representantes. Para evitar que alguém diga que estamos criando fatos, vamos disponibilizar os dois decretos: decreto da câmara - clique aqui. Decreto do prefeito - clique aqui ESTAMOS DE OLHO. 

Um comentário:

  1. Depois q descobri, que Ariranha do Ivai, paga salário para 9 vereadores, para vice prefeito etc ... e q não há nem um projeto para diminuir o numero de vereadores , se concretiza uma enorme falta de respeito com os trabalhadores pagadores de impostos . Então oque esperar desse grupo de pessoas ?

    ResponderExcluir

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA