07/03/2021

RIO BOM - Mulher denunciada por fazer festa com perturbação de sossego

 Em Rio Bom, no dia 07 de março, às 01:13, chegou, da Rua Urbino Silva Novaes, uma solicitação, a través da Central de Operações do 10º Batalhão de Apucarana, dando conta de que estaria ocorrendo uma perturbação do sossego com som alto e algazarra em uma residência. De uma distância, de 300 metros, foi possível ouvir o som alto. Consta no boletim, que, ao chegar ao local, a proprietária, de 30 anos, aparentemente embriagada, recebeu a equipe no portão e foi orientada sobre a perturbação do sossego, mas em tom ameaçador disse que os policiais não podiam interferir, porque no interior da residência estava um parente do prefeito. Diante dos fatos, foi informada que seria conduzida, juntamente com o aparelho de som, até o destacamento, onde seria lavrado um termo circunstanciado, porém respondeu: “Não tem nenhum filho da puta de um polícia, que vai levar o meu som. O sobrinho do prefeito está aqui, vocês não sabem com quem estão se metendo”. Como havia várias pessoas, foi acionado apoio da ROTAM Apucarana, e, com a chegada no local, todas as providências foram tomadas. Consta no boletim que, no local estava a companheira da autora, de 18 anos, a qual filmou o final da ocorrência, a qual também foi conduzida como testemunha.  Uma pessoa, se dizendo da defesa da detida, fez contato com a reportagem, negando todos os fatos acima narrados e dizendo que ela vai provar contrário. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA