17/03/2021

ROSÁRIO - Morador diz que falta oxigênio e remédios no Hospital Santa Casa

 Em Rosário do Ivaí, já relatamos a situação difícil vivenciada pelo Hospital Santa Casa, onde alguns funcionários anunciaram greve, por conta do atraso de salários e o impasse da diretora com à gestão municipal, no repasse de recursos. A crise está instalada e, quem corre risco,  é a população, que pode ficar sem atendimento em um momento de urgência, fato este que é muito grave. Mas além da falta de recursos, também, supostamente, há falta de insumos e remédios. No dia 14 de março, noticiamos um acidente, entre Rosário do Ivaí  e a Ponte Molhada, sentido Ortigueira - clique aqui - para rever. Um jovem foi levado para o Santa Casa e segundo relatos, não havia oxigênio para o paciente. Veja  a nota que recebemos de uma testemunha deste fato:
“Berimbau, era noite, quando presenciei uma cena lamentável no hospital Santa Casa da Misericórdia. Eu ouviu o médico, Dr. Wilson, apavorado e ligando para o médico de Ivaiporã, para pedir transferência de um paciente de nome Dione, que tinha sofrido um grave acidente de carro. Wilson dizia que precisava encaminhar urgente o acidentado, pois no hospital não tinha oxigênio e medicações para o atendimento. Também que, devido a esta deficiência, se o jovem piorasse poderia perder a vida. Hoje procurei saber com amigos, e o hospital ainda encontra-se sem oxigênio e na mesma situação com relação aos remédios, faltando inclusive seringas. Com esse tanto  de Covid, eu pergunto: Como o único hospital da cidade, fica sem oxigênio? Já sabemos que enfermeiras estão parando de trabalhar por falta de pagamento. Onde está a direção desse hospital? Cadê os responsáveis pela saúde do município? Precisamos de alguém que tenha misericórdia e tome alguma providência, se não ira morrer pessoas inocentes, pois o Santa Casa é o único hospital da cidade", diz a nota.  RESPOSTA - Nossa reportagem tentou contato com a direção, mas não possível ouvi-la.  Ligamos no Santa Casa, para falar com o Dr. Wilson, para confirmar se tal fato realmente ocorreu, mas fomos informados que ele estava na Clínica da Mulher. Fizemos contato com a  referida Clínica da Mulher (43 98475-3181), mas como o médico   estava,  em atendimento, ficou de retornar mais tarde, segundo informou a atendente. O município já deu declarações que não considera falhas no repasse de recursos paras o Santa Casa.  Por fim, tentamos contato com o Dr. Nivaldo, que é diretor clínico do Santa Casa, mas no Hospital, formos informados que ele não estava. Também não encontramos, o administrador José Eduardo, com quem já tentamos conversar outras vezes, mas sem sucesso. Nos colocamos a disposição de todos para publicar notas de esclarecimento, caso seja de interesse dos citados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA