Páginas




 


12/03/2022

DENÚNCIA - Moradores denunciam Postos de Combustíveis de Ivaiporã

BERIMBALADAS
- No dia 11 de março, de 2022, recebemos denúncia de alguns moradores de Ivaiporã, por conta do reajuste antecipado dos combustíveis.
"Nós moradores aqui de Ivaiporã, queremos denunciar a postura abusiva de alguns donos de postos de combustíveis. No dia 10 de março, antes da vigorar o aumento, os Postos da cidade já estavam vendendo a gasolina no preço reajustado, assim como o álcool. Vamos citar um exemplo: um Posto, no centro de Ivaiporã, o álcool estava R$4.69 reais, pela manhã e, à tarde, subiu para R$4,73. Os moradores pedem que os postos sejam investigados pelo Procon e também pelo ministério público", diz nota enviada pelos moradores. Como a denúncia chegou no dia seguinte, não foi possível a reportagem verificar o fato. Os donos de posto, que por ventura, não tenham cometido tal irregularidade, ou queiram se manifestar, estamos a disposição. OUTROS CASOS - Ressaltamos que, no dia 11 de março, divulgamos reportagem de 6 donos de postos detidos na região de Cornélio Procópio, por conta da mesma denúncia. O Departamento Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-PR), juntamente com os Procons municipais, disse que está fiscalizando para identificar e notificar os postos e distribuidoras de combustíveis, que aumentaram o preço do diesel e da gasolina, antes mesmo que do ajuste anunciado na quinta-feira (10) pela Petrobras chegasse às bombas. A chefe do Procon-PR, Claudia Silvano, explicou que o novo valor não deveria impactar os consumidores já neste primeiro momento, pois o aumento vale para as distribuidoras e entraria em vigor a partir da sexta-feira (11). A previsão era que o preço mais alto chegasse às bombas na segunda-feira. AJUSTE – A alta no barril do petróleo por causa da Guerra na Ucrânia impactou no reajuste dos preços da gasolina, do diesel e do GLP (gás de cozinha). Nas distribuidoras, o preço médio no litro de gasolina passará de R$ 3,25 para R$ 3,86, um aumento de 18,77%. O aumento previsto no diesel é de 24,9%, indo de R$ 3,61 a R$ 4,51 o litro. O quilo do gás de cozinha passará de R$ 3,86 para R$ 4,48, reajuste de 16%.  (Foto ilustrativa) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...