Páginas




 


21/03/2022

JANDAIA - Sanepar inicia diagnóstico nas águas do Rio Marumbizinho

A Sanepar inicia nesta semana a elaboração de um diagnóstico na bacia do Rio Marumbizinho, em Jandaia do Sul, no Norte do estado. O objetivo principal é identificar riscos atuais e futuros que impactam na quantidade e na qualidade da água dos mananciais de abastecimento que apresentam histórico de limitação operacional. Os detalhes do trabalho foram apresentados ao prefeito Lauro Junior em reunião no seu gabinete nesta segunda-feira (21 de março). O trabalho é feito de forma participativa, com entrevistas individuais e reuniões comunitárias com moradores acima dos pontos de captação da Sanepar. O prefeito avalia como bastante positiva a participação dos proprietários rurais. “Todo projeto que envolve pessoas e busca parcerias obtém sucesso. Envolver os produtores deve fortalecer sobremaneira este trabalho no Marumbizinho”, disse. Essa ação vai se somar ao projeto municipal Água é Vida, lançado em 2021 e que abrange 38 minas e nascentes já preservadas. O gerente regional da Sanepar, Luiz Carlos Jacovassi, também ressalta a contribuição dos moradores da bacia que têm conhecimento sobre os problemas e soluções possíveis para as questões. “É importante esta estratégia de sensibilizar as pessoas sobre os cuidados dos rios e da preservação dos mananciais de abastecimento de água”, resume. Também participaram da reunião na prefeitura de Jandaia do Sul, nesta segunda-feira (21), o secretário de governo do município, Bruno Olivato, o diretor da Agricultura e Meio Ambiente, Geraldo Semensato, e o diretor de Planejamento, Elvis Pontara Junior. Pela Sanepar, participaram a gerente Comercial da Região Nordeste, Evelise Kluk, os gestores ambientais Andrea Fontes e Silvio Fachini e o agente de suporte operacional do sistema local Tiago de Souza. DIAGNÓSTICO NO ESTADO - A iniciativa da Sanepar também será realizada em outros 25 municípios e 13 bacias hidrográficas do Paraná. São quase 5 mil propriedades rurais localizadas no Paraná, pertencentes ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), do Ministério da Agricultura e Pecuária. Os temas principais do levantamento são infraestrutura da propriedade, atividades desenvolvidas, caracterização ambiental, origem da água, destino dado ao esgoto e aos resíduos sólidos, práticas de conservação do solo e métodos de cultivo ou manejo. Entre os principais parceiros do projeto estão o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), os conselhos de meio ambiente e as prefeituras. No Norte do Estado, além de Jandaia do Sul, vão participar os municípios de Londrina, Cambé, Arapongas, Rolândia, Jandaia do Sul, Cambira, Santa Mariana, Cornélio Procópio e Paranavaí. Para mais informações sobre o diagnóstico participativo região Norte do Paraná, os interessados deverão enviar email para a gestora ambiental Andrea Fontes (andreacf@sanepar.com.br). Fotos – Prefeitura de Jandaia do Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...