Páginas




 


04/04/2022

CONFUSÃO - Ivaiporã, São João, Godoy Moreira, Grandes Rios e Ariranha

IVAIPORÃ
- No dia 03 de abril, na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, uma mulher contou ter uma medida protetiva contra a filha de seu marido, e que na data, ela passou em frente de sua residência a provocando. O segundo caso, foi no dia 03 de abril, às 21h00min, na Rua Anhanguera, morador contou ter tido desentendimento com a sua convivente, o qual desferiu empurrões e tapas e ainda não deixava ele entrar no interior da residência. Já a mulher negou, afirmando que o homem estava embriagado. SÃO JOÃO - Em São João do Ivaí, no dias 03 de abril, 19h40min, na Rua Jose Gonçalves de Melo, a solicitante relatou que faz cerca de cinco meses, que mora na residência, mas que faz dez dias que seu irmão, 18 anos foi morar com ela, porem as brigas entre os dois são constantes, inclusive alega ter sido ameaçada por ele na referida data. Equipe em contato com o denunciado, este por sua vez, disse que também foi ameaçado pela sua irmã, e que queria um prazo para sair da residência e levar o que havia comprado para por dentro do imóvel. Ambos foram orientados. GODOY MOREIRA - No dia 03 de abril, 23h55min, na Avenida Natanael Verry, uma senhora passou a relatar, que estava no local, juntamente com sua filha menor e mais alguns amigos, quando uma pessoa feminina, conhecida e sem motivo algum, começou a discutir com ela e também arranhou seu pescoço causando-lhe uma lesão com as unhas. Com a chegada da PM, a agressora havia fugido. GRANDES RIOS - Em Grandes Rios, no dia 03 de abril, na Rua Santa Catarina, um homem estava ameaçando sua mãe e quebrando objetos na residência. No local, feito contato com a solicitante, relatou que seu filho chegou alterado e pegou a cadeira para cometer a ameaça. Depois a quebrou inteira, batendo no chão, bem como quebrou a garrafa de café e também danificou o teto de PVC. Com a chegada da Polícia, o acusado fugiu, mas ele voltou novamente, por volta das 13:40 horas, fez novas ameaças e, desta vez, acabou detido.  ARIRANHA - No dia 03 de abril,  
16h20min, na Rua Antônio Kusminski,   morador relatou que seu filho chegou em sua propriedade rural o ameaçando, o segurando pelo colarinho da camisa e dizendo: “eu vou te pegar”;  “vou te bater”. Relata ainda que já foi feito boletim de ocorrência de outra situação envolvendo esse mesmo filho, o qual alega uma divida, a qual já teria sido paga.  Com a chegada da PM, o acusado havia evadido-se. Ainda em Ariranha, no dia 03 de abril,   18h00min, no Distrito Alecrim, uma mulher disse ter sido agredida por um masculino, o qual fugiu em um Palio  preto.  No local, ninguém foi preso e a motivação não foi informada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...