quarta-feira, 22 de novembro de 2017

JANDAIA - Fechamento do Hospital Nossa Senhora de Fátima

           POLÊMICA EM JANDAIA          
Dr. Dalmen Tavares Filho, diretor do Hospital Nossa Senhora de Fátima, esclarece sobre o possível fechamento do Hospital Nossa Senhora de Fátima (Ouça entrevista)

        Nesta quarta-feira, dia 22 de novembro, de 2017, o repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau", falou ao vivo com o Dr. Dalmen Tavares Filho, diretor do Hospital Nossa Senhora de Fátima, de Jandaia do Sul, uma unidade de saúde que faz parte da história do município, com 50 anos de prestação de serviços e que tem data marcada para o seu fechamento, ou seja: dia 20 de dezembro, de 2017. Nossa reportagem procurou o médico, após tomar conhecimento de uma campanha lançada pelas redes sociais com a seguinte redação: "Estamos comunicando vocês que vamos fazer uma manifestação a favor do Hospital Nossa Senhora de Fátima que o prefeito de Jandaia do Sul quer fechar. É o único hospital do município e convoco todos para sairmos as ruas em manifesto contra este absurdo", diz o chamamento. Na entrevista, o Dr. Dalmen, deixou claro que alguns informações que estão nas redes sociais são verdadeiras, outras não. "Realmente marcamos a data de fechamento do Hospital, mas a causa, são quatro motivos: Repasse do SUS que o governo não atualizou e está defasado; valores que recebemos da prefeitura que são insuficientes; deficiência do corpo clínico, porque recebemos pacientes no pronto atendimento e precisamos de plantão, mas não temos condições de contratar, e a necessidade e melhorar a estrutura do Hospital", disse o médico. Segundo ele, não se pode culpar diretamente o prefeito, porque o fechamento poderia ter ocorrido em outros governos, mas a prefeitura pode fazer algo para ajudar a instituição  a manter  as portas abertas. Afirmou ainda que pessoas ligadas ao prefeito já manifestaram o desejo de uma reunião para tentar encontrar uma saída para o problema. Ele agradeceu as manifestações nas redes sociais, e disse que elas representam a credibilidade do trabalho prestado durante todos estes anos. No link de vídeo, ouça entrevista do médico e saiba mais detalhes. DIREITO DE RESPOSTA - Nossa reportagem tentou falar com a senhora Elza, Secretária de Saúde de Jandaia, mas sua assessoria informou que ela estava em Londrina, participando de uma reunião e que retornaria a ligação. Na prefeitura, a informação é que o prefeito estava em viagem, mas segundo seus assessores, uma nota pública foi divulgada. A nota diz: "O Referido hospital é de propriedade PRIVADA, administrado pelo Dr Dalmen de Pinto Tavares Filho. A Prefeitura Municipal mantém uma parceria com o Hospital Nossa Senhora de Fátima, onde são repassados valores mensais para atendimento à população. A Prefeitura Municipal não quer e nem pretende fechar o Hospital, como está sendo colocado em muitos comentários nas redes sociais; A Prefeitura Municipal de Jandaia do Sul ressalta que estará realizando reuniões e buscando soluções que isso não ocorra. O atendimento à população feita pelo Hospital continua sendo feito de forma normal", diz a nota. Nossa reportagem continua acompanhado a polêmica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário