sábado, 4 de novembro de 2017

TEMPORAL - TAMARANA PARANÁ

Temporal quebra postes e deixa dezenas de casas destelhadas em Tamarana, no norte do Paraná



No vídeo a esquerda, imagens de morador que filmou o vento levar cobertura de bar 

O Portal G1 também destacou o temporal que aconteceu em Tamarana, cidade vizinha de Mauá da Serra. Segundo o Portal, a tempestade atingiu a cidade de Tamarana, na tarde deste sábado (4 de setembro), deixou ao menos 22 postes quebrados, sendo que alguns sites de Londrina, chegaram a noticiar 40 postes danificados. Segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel), e aproximadamente 200 imóveis destelhados, conforme informações da Defesa Civil do município. O morador Roberison Torres Furquin registrou o momento em que a tempestade levou parte do telhado do bar onde ele estava, no Centro da cidade. Assista ao vídeo acima. A maioria dos imóveis atingidos ficou parcialmente destelhado. De acordo com a Defesa Civil entre as construções danificadas estão escolas e asilos. Apesar dos estragos, ninguém ficou ferido. A Copel informou que Tamarana chegou a ficar sem luz por uma hora e meia por causa do temporal, que atingiu a cidade por volta das 16h. Distrito de Lerroville, em Londrina - No Distrito de Lerrovile, em Londrina, que fica no limite com Tamarana, a tempestade também causou estragos. A Defesa Civil faz uma vistoria nas casas da localidade e, até das 18h15, já havia distribuído lonas para pelo menos 15 famílias. No distrito, 12 postes foram quebrados com a força do vento. Aproximadamente 400 consumidores ficaram sem luz na região. Ainda segundo a Defesa Civil, mais de 30 árvores caíram no distrito e o número deveriam aumentar. Velocidade dos ventos A Somar Meteorologia informou que os ventos em Nova Fátima, também na região norte do estado, chegaram a mais de 95 km/h por volta das 16h. A cidade fica a pouco mais de 70 km de Tamarana, que não possui estação meteorológica. Ainda segundo a Somar, ventos nessa velocidade são considerados muito fortes. (Conteúdo do G1)
               MAIS TEMPORAL        
Em outras cidades do Paraná, como Cascavel e Maringá, o temporal também provocou queda de árvores. Em Borrazópolis e parte de Cruzmaltina, faltou energia durante boa tarde do período da tarde de 05 de novembro. Região de Ivaiporã, também choveu forte 

Nenhum comentário:

Postar um comentário