quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Confusão em JARDIM ALEGRE- “Desacato e embriagues ao volante”

Uma abordagem de suspeitos terminou com uma ocorrência de desacato, desobediência, ameaça e até tentativa de invasão do destacamento da PM
A bronca foi registrada a partir das 22 horas de quarta-feira, 28, na Rua Castelo Branco. Três jovens identificado por Rafael, Bruno, Alex e um menor, foram detidos. Em nota a PM informou que em patrulhamento a equipe percebeu a atitude suspeita do condutor do veículo Fiesta na cor prata com placas EUO-5251 de São Paulo- e fez a abordagem. Constatado que quem conduzia o veículo era Rafael, de 19 anos de idade, o qual não portava C.N.H., e ainda apresentava visível estado de embriaguez; o condutor foi convidado a fazer o bafômetro, mas se recusou. O veículo foi removido ao pátio do DPM. “No momento em que chegamos no Destacamento da PM, alguns jovens, sendo: Alex, de 18 anos de idade, e Bruno, de 20 anos, entraram no local e diziam que não precisava ser feito nada contra o condutor, ao serem orientados a saírem, os mesmos se recusaram e disseram que eram menores de idade e não poderiam ser tocados, diante dos fatos foi utilizado força moderada para que os mesmos obedecessem, ao serem informados que seriam presos por desobediência, os mesmos saíram do local e voltaram em seguida com outras pessoas, dentre elas estava um menor de 16 anos de idade. Dois supostos menores juntamente com um terceiro passaram a balançar o portão do DPM tentando derrubar o mesmo” Informou o Boletim da PM. . Ainda segundo o BO, diante do tumulto foi pedido apoio a 6ª CIA de Ivaiporã, e várias viaturas foram para o local para ajudar na prisão de dois cidadãos por desobediência, resistência a prisão, tentativa de agressão contra a equipe policial, e foi apreendido um menor por ter tentado agredir a equipe policial. Dentro do DPM apareceu um homem que disse ser advogado, onde o mesmo se recusou a se identificar e ainda passou a orientar as ações da equipe policial. O jovem cidadão de 18 anos, por diversas vezes disse em alta voz que o destacamento não irá ficar de pé e iriam por fogo no local. A Confusão seguiu durante a madrugada com outros casos de desacato. Ao final, os menores foram entregues ao Conselho. Durante a confecção do Boletim de Ocorrências, foi apresentada a C.N.H. de Rafael.. Os presos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia de Ivaiporã, diante da presença das pessoas que estavam no DPM, Rafael também passou a ameaçar a equipe policial dizendo que iria revidar contra o policial e que não iria mais embora para São Paulo antes da virada do ano.
DIREITO DE RESPOSTA - A tia de um dos jovens, de nome Ivone, ligou na Rádio Nova Era, para contestar as informações que constam no Boletim da Polícia. Segundo ela, impressão que se dá, é que os jovens são banderneiros, mas são todos de família e pessoas trabalhadoras. Ela disse também que no momento da abordagem, Rafael queria apenas esperar o amigo que tinha carteira para ir até a delegacia; contou também que o advogado desconhecido citado pela Polícia, é uma advogado conhecido da própria PM, poratanto, a informação e inverídica. "O Bruno e o Alex apenas contestaram porque a PM levou para dentro do Destacamento dois menores, foi quando os Pms os agrediram, eles estão todos machucados" disse a mulher. A matéria completa com a entrevista e os relatos estão no link de vídeo abaixo.
OUÇA AQUI- Matéria do Berimbau e a entrevista com a tia de um dos detidos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA