27/12/2011

No governo Pessuti, PM do Paraná avança por 30 anos, afirma Serpa

No período em que Orlando Pessuti esteve a frente do governo do Paraná, os avanços obtidos pela Polícia militar foram muitos, é o que afirma o ex-secretario de Segurança Pública Aramis Linhares Serpa. Ele destaca entre as conquistas obtidas pela corporação entre abril e dezembro, a readequação salarial para a Polícia Militar (PM) em quatro parcelas, sendo que todas foram pagas até o mês de dezembro de 2010. “Foi um benefício muito grande para o salário de toda a corporação valorizando os PMs com soldos melhores” disse.  Estrutura - Ele recorda que o governador autorizou a aquisição de vários equipamentos e centenas de viaturas que foram distribuídas por todo o Estado. No período do governo de Orlando Pessuti, houve também o investimento na criação de novas unidades, aumentando conseqüentemente o efetivo da corporação e o preenchimento de cargos e funções. Serpa explica que entre as novas unidades criadas, estão o Batalhão de Operação Policiais Especiais (BOPE) e o Grupamento Aéreo (GAER) que atende com aviões e helicópteros dando apoio as operações policiais e auxiliando na prevenção. A criação de Batalhões e Companhias Independentes, como o Batalhão de Francisco Beltrão, as Companhias de Rolândia, Ivaiporã além de outras seis unidades no Paraná, promoveram uma grande melhoria no atendimento das necessidades da população no quesito segurança descentralizando ações. “Com as novas unidades além de aumentar a segurança, o planejamento operacional e os recursos da corporação são distribuídos em várias regiões” explicou. O ex-secretario disse que para o funcionamento das novas unidades a contratação de PMs se fez necessária. “Mais de dois mil policiais foram contratados e existem outros que passaram por concurso e que tem condições de ser efetivados. Lamentavelmente passou-se um ano e não houve a contratação de ninguém” disse.  Valorização - Interessado em sempre valorizar a corporação Policial Militar, Orlando Pessuti e seu ex-secretario de Segurança Pública, Coronel Serpa estiveram presentes em todos os eventos da corporação. O governador Pessuti em seu mandato designou mais de dez coronéis da reserva para funções dentro do quadro do Estado, inclusive o secretario de Segurança era um policial da reserva que voltou à ativa. “Ainda no quesito da valorização profissional, Pessuti promoveu mais de 400 policiais de uma só vez. A nossa PM em um ano avançou por 30 anos” comemora Serpa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA