quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

MARINGÁ - "Rebelião termina depois de 45 horas"

Segundo o Jornal "Ó diário", terminou por volta das 12h desta quarta-feira (31 de dezembro) a rebelião na Casa de Custódia de Maringá, que já durava mais de 45 horas. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), o motim foi encerrado com a liberação dos dois últimos agentes penitenciários que eram mantidos reféns. Os outros cinco já haviam sido liberados. Ainda de acordo com a Sesp, quatro detentos que estavam no bloco 3, onde aconteceu a rebelião, ficaram feridos. Eles receberam atendimento médico na enfermaria do presídio. A rebelião começou na segunda-feira (29), por volta das 14h30, e contou com a participação de cerca de 90 presos do Bloco 3. Um grupo de detentos rendeu sete agentes penitenciários quando retornavam do banho de sol para as celas. Dois reféns foram libertados ainda no primeiro dia do motim, um deles bastante ferido.  Os presos reclamavam da alimentação e do tratamento - que seria truculento - dos agentes com os familiares nos horários de visitas. Além disso, pediam melhorias nos serviços de assistência médica, jurídica e social, além da ampliação do programa de artesanato, atualmente restrito a duas alas.  No segundo dia  de rebelião, os rebelados incluíram na lista de reivindicações a transferência de presos para outras unidades prisionais, o que dificultou as negociações por conta do recesso do poder judiciário.  No final da tarde de terça-feira (30), o secretário de Segurança Pública do Paraná, Fernando Francischini, chegou à cidade e assumiu as negociações para o fim da rebelião. As conversas foram suspensas durante a madrugada e retomadas no início da manhã desta quarta-feira (31) após a liberação de mais reféns.  Esta manhã, os rebelados pediram a presença de um advogado de confiança na Casa de Custódia para encerrar a rebelião e liberar os dois agentes que ainda eram mantidos no bloco 3. A reivindicação foi atendida pelas autoridades de segurança, que também se comprometeram a analisar os outros pedidos dos presos. (O Diário)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA