quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

ECONOMIA - INDENIZAÇÃO DE PLANOS

Saiba como receber a indenização pelas perdas com planos econômicos Bresser, Verão e Collor 2 entre os anos de 80 e 90 

Depois do acordo entre representantes dos bancos e dos poupadores, muita gente ainda tem dúvida: o que fazer para receber a indenização pelas perdas provocadas pelos planos econômicos Bresser, Verão e Collor 2? A resposta que interessa a dois milhões de brasileiros.  Para muita gente essa novela pode estar chegando ao fim. Saiu um acordo entre os bancos e os advogados dos poupadores. Mais ou menos dois milhões de pessoas que tinham dinheiro aplicado entre os anos 80 e 90 e agora decidem se encerram a disputa judicial ou não. Mas só tem direito a receber quem entrou com a ação até 30 de dezembro de 2016.   “Quem tinha poupança, mas não entrou com ação, não tem mais chance. O acordo não contempla quem não tenha ação já proposta”, explica o advogado de poupadores, Luiz Fernando Casagrande Pereira.  Os detalhes do acordo foram anunciados nesta terça-feira (12 de dezembro), numa coletiva em Brasília. Agora, a proposta segue para a homologação do Supremo. O presidente da Federação Brasileira pelos Poupadores disse que o acordo foi uma conquista depois de 13 meses de debates e que vai beneficiar muita gente, mas a adesão não é obrigatória.   Quem tem direito a receber?   -  Os mais velhos vão receber primeiro e os pequenos poupadores, com ações que valem até R$ 5 mil. Para provar é preciso ter uma cópia do extrato da poupança e documento de identidade e um formulário preenchido e assinado pelo advogado. Quem já encerrou a conta tem o direito de receber. Caso o banco tenha fechado, o banco sucessor, que adquiriu os direitos do banco liquidado, paga. Se o dono da conta morreu, os herdeiros têm direito a receber.




Nenhum comentário:

Postar um comentário