quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

MARUMBI - FARRA DAS DIÁRIAS

Levantamento do Blog do Berimbau aponta que vereadores consumiram cerca de 200 mil reais em três anos de mandato na Câmara de Marumbi. Somente o presidente da casa, gastou cerca de 30 mil reais
                                EXCLUSIVO                         

          Com cerca de quatro mil habitantes, o município de Marumbi tem passando por algumas dificuldades assim como todos as cidades menores. Foi nessa crise que surgiu a PEC - Proposta de Emenda a Constituição, que fala em extinguir as pequenas cidades, por conta do custo da estrutura política. Ao fazer uma pesquisa, constatamos que ter uma câmara municipal consciente e ética, e uma prefeitura bem administrada, faz bem para os pequenos municípios, os quais tem crescido e se desenvolvido, mas quando isso não ocorre, realmente as lideranças políticas se transformam em um peso, onde o cidadão, que paga impostos, acaba sendo sacrificado. Em Marumbi, parece absurdo, mas, segundo o próprio Tribunal de Contas, somente em 2018, os nobres vereadores gastaram quase cerca de R$90.000,00 (noventa mil reais)  com pagamentos de diárias; se somarmos 2017, quando os legisladores começaram mais tímidos e gastaram "apenas" R$19.600,00 (dezenove mil), soltando para  R$89.000,00 (Oitenta e nove mil) em 2018, e, praticamente, a mesma quantidade em 2019; assim podemos apontar um gasto de, aproximadamente, 200 mil reais em três anos de vereança. Constava no Portal da Transparência, até o dia 17 de dezembro, de 2019, que no ano, já haviam sido retirados R$53.650,00, mas segundo o próprio contador, de nome Ivan, as viagens, que foram intensas, segundo apuramos, no mês de novembro e dezembro, ainda não tinham sido computadas, mesmo assim, o balanço dos três anos ficou em mais de 160 mil.    Rebemos a garantia, do contador, que até o dia 16 de dezembro, todas as diárias estariam no Porta de Transparência, o que não aconteceu.  Para se ter um ideia do clima de  mordomia na casa de leis, no  dia 11 de dezembro, de 2019, o repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau", ligou na Câmara Municipal para tentar ouvir os vereadores, mas fomos informados que pelo menos sete, dos nove, estavam em Curitiba, por três dias, ao custo de R$2.100,00 (Dois mil e cem reais) cada um, e fazendo mais um dos "preciosos" cursos. O custo total, somente desta viagem, que não está computada no balanço que fizemos, deve  passar de 20 mil reais. Tem vereador que foi até para Foz do Iguaçu, fazer cursos em novembro, de 2019, e há denúncias, que a viagem chegou até o Paraguai. Nas redes sociais, há postagens da pessoa denunciada, apontado que ela fez paradas em restaurantes, como o Pesque Pague Triângulo em Foz e Restaurante Sushi. Na visão desses políticos, seria uma perca irreparável para Marumbi, não fazer os cursos. "Qual o benefício que estes cursos trazem para o cidadão? e Porque o vereador sobe no palanque e pede votos dizendo que está preparado para fiscalizar, mas depois alega que precisa fazer cursinhos?...  são perguntas que não encontramos respostas. São essas atitudes que fazem  com que ideias, como as de acabar com as pequenas cidades, ganhem força. Mas é preciso refletir que o problema está em certos políticos e não no cidadão que trabalha e gera desenvolvimento", disse o repórter Berimbau ao comentar a notícia. Também apuramos que vereadores retiram diárias para visitar deputados e participar de eventos políticos em Curitiba e outras cidades do Paraná; e, como se não bastasse, usam as redes sociais para escrever: "Estamos em busca de conquistas"...  Na Câmara não conseguimos encontrar vereadores das vezes que fizemos contato. O funcionário que atende o telefone ou quem bate a porta do legislativo, diz que é proibido passar o celular do vereador e a única opção é deixar o nosso telefone, mas dificilmente temos o retorno. Outra observação é que parece que todos os vereadores concordam com a "Farra", caso contrário, teria denunciado a própria Câmara ao Ministério Público, o que, segundo checamos, não ocorreu.  GASTO POR VEREADOR- Dos nove vereadores, o campeão de Diárias é José Fernando da Costa, justamente o presidente da casa que gastou R$25.400,00 reais em três anos, sem computar as viagens de novembro e dezembro, que elevaria o valor para cerca de 30 mil. Em seguida, vem Johnny Agostinho, que consumiu R$19.500,00;  a terceira colocada é Ana Paula Gimenez, que retirou 18 mil. O Natalino Pieres (Ocinha), gastou 13 mil e 500 reais e aparece como o quarto colocado. O quinto é Olindo Cividini, com 12 mil e 600 reais.  Agnaldo Barbosa gastou 11 mil e 100 reais e ficou na 6ª posição. Roberto Salomão e Thiago Augusto, empataram em sétimo lugar.  Já, entre todos, apenas um  vereador consumiu menos  diárias. Ele é  Luiz Otávio Raboni, que gastou apenas R$1.500,00 reais.  COMPARATIVO - Se comparar Marumbi como cidades como Borrazópolis, que tem o dobro de habitantes, a situação fica ainda mais revoltante. O motivo é que a Câmara de Borrazópolis gastou apenas oito mil e quinhentos reais (R$8.591,00) em três anos; Califórnia, cidade próxima a Apucarana, gastou quinze mil (R$15.355,00) também em três anos. Jandaia do Sul, que fica ao lado de Marumbi, que tem mais de 20 mil habitantes, gastou 29 mil e 520 reais. No Portal da Câmara de Kaloré, não consta a concessão de nenhuma diária. Mauá da Serra, R$95.675,00 somente em 2019 e Ivaiporã, com cerca de 32 mil habitantes, gastou de forma exagerada, 236 mil reais, em três anos, e será alvo de investigação do Blog do Berimbau, mais mesmo assim, se comparado a Marumbi, com pouco mais de quatro mil habitantes, ainda o gasto fica baixo.. RESPOSTA DOS VEREADORES - Na Câmara Municipal de Marumbi, o atendente se recusa a passar o contato dos vereadores. Ele alega que a ordem é pegar o número de quem liga, repassar ao vereador e ele, o político, é que vai decidir se retorna ou não. Bem diferente do que ocorreu no período eleitoral. Dessa forma, conseguimos falar apenas com o presidente, José Fernandes da Costa, via rede social, mas ele estava em Curitiba, usando uma diária de 2 mil e 100 reais, e assegurou que, quando voltasse, na sexta-feira, dia 13 de dezembro, falaria a nossa reportagem, mas não retornou e nem atendeu as novas ligações que fizemos, posterior a esta data, inclusive na terça-feira, dia 17 de dezembro. De qualquer forma, colocamos a reportagem a disposição de todos os vereadores que quiserem enviar notas com suas explicações. Elas, as notas, serão anexadas a esta reportagem imediatamente. INVESTIGATIVO - O Blog do Berimbau promete continuar investigativo e assim como denunciamos, com exclusividade, várias mordomias da região, inclusive Ortigueira, que a legislatura passada está sendo cobrada a devolver 211 mil em diárias, e atual, pode ter que devolver mais de 300 mil, faremos com os demais municípios, sempre com ética, imparcialidade e compromisso com o cidadão. ESTAMOS DE OLHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA