Páginas




 


31/03/2020

MARUMBI - Delegado anuncia prisão de acusados da morte de Thaylla

                        INVESTIGAÇÃO                      
Um homem foi preso em Jandaia e  outro em Mandaguari. Eles são acusados da morte da jovem. O crime foi registrado  no início de março, de 2020 
No dia 31 de março, de 2020, terça-feira, o Delegado Dr. Gustavo de Pinho Alves, delegado de Jandaia, juntamente com sua equipe, comandou uma operação, que contou com apoio da 17ª SDP- Subdivisão Policial de Apucarana e Polícia Militar, de Jandaia do Sul.  O objetivo foi cumprir quatro mandados de prisão, que foram autorizados pela juízo da Comarca de Jandaia da Jandaia do Sul, contra acusados do assassinato da jovem  Thaylla Christina, aproximadamente, 25 anos, foi morta no Bairro Mutirão, na Rua Paulo Costa, na cidade de Marumbi, no dia 06 de março, de 2020.  Um dos suspeitos foi detido em Jandaia, o segundo, que atualmente estaria morando em Mandaguari, foi detido naquela referida cidade. Já os outros dois não foram encontrados, mas passam a condição de foragidos.  As prisões só foram possíveis, segundo a Subdivisão de Apucarana, graças a mais um competente trabalho de investigação do Dr. Gustavo de Pinho, que praticamente já  elucidou o crime. Consta nos autos que, entre quatro e cinco suspeitos, participaram do crime, que teria origem no tráfico de drogas. Os nomes dos presos, não foram revelados pela Delegacia, mas segundo uma testemunha, um deles seria o conhecido "Batata",  de Jandaia. Ambos os detidos, negam participação no crime e dizem que vão provar inocência.   O Blog do Berimbau teve acesso a imagens de um Gol, modelo quadrado, que seria o carro utilizado pelos assassinos no dia do crime.  As imagens foram coletadas pela Polícia Civil, e fazem parte do inquérito. Para assistir, clique no link de vídeo no topo desta reportagem.   SOBRE A MORTE - No dia  06 de março, a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. A Polícia Civil e o IML também foram para o endereço e  constataram a morte de Thaylla Christina. A moça estava no quarto e foi supostamente assassinada com cinco disparos de arma de fogo. Segundo informações, à noite, ela foi a  casa da mãe, que fica ao lado. Depois voltou para sua residência e colocou os dois filhos, de 13 e 09 anos para dormir, os quais fazem uso de medicamentos e, por isso, tem o sono pesado. Somente quando o dia amanheceu, é que perceberam a morte. Vizinhos, ouvidos pela Rádio Nova Era e Blog do Berimbau, disseram que não ouviram nada.  - Clique aqui para rever fotos do dia do crime.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...