17/03/2021

SÃO JOÃO - Tribunal de Justiça condena acusados de latrocínio de idoso

  Acatando recurso apresentado pelo Ministério Público do Paraná, o Tribunal de Justiça do Paraná condenou um homem e uma mulher denunciados pelo latrocínio de um idoso de 88 anos, de nome João Pini. O crime ocorreu em São João do Ivaí,  em fevereiro de 2019 - clique aqui para rever a notícia. Em primeira instância, o homem já havia sido condenado, mas houve a absolvição da mulher. Na análise do recurso, o TJ não apenas condenou a mulher a 33 anos e 20 dias de reclusão em regime fechado, como também ampliou a pena do réu, que foi estipulada em 35 anos, seis meses e 20 dias de reclusão em regime fechado. Segundo a denúncia, a mulher trabalhou na residência do idoso como cuidadora e tinha conhecimento sobre sua rotina, inclusive a respeito dos dias em que a vítima recebia aluguéis de alguns imóveis de sua propriedade. Ela teria repassado tais informações para o réu, que ingressou na residência do idoso e, após agredi-lo severamente, levou consigo os valores que a vítima havia recebido naquele dia. Em razão dos ferimentos, o idoso foi hospitalizado e morreu poucos dias após o crime. Processo número 0000413-48.2019.8.16.0156.   Clique Aqui para rever entrevista com Juliana Nascimento, que é a ex-cuidadora que foi inocentada e agora está sendo acusada. Ela nega o crime. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA