28/06/2021

IVAIPORÃ- Cinco casos de violência doméstica, quatro com ex-maridos

Pelo menos cinco situações de violência doméstica foram registradas em Ivaiporã, no dia 27 de junho, de 2021, domingo. A primeira, às 06 horas, na Avenida Paraíba. Uma mulher disse que foi agredida pelo seu ex-marido, o qual chegou a casa e arrombou a porta da sala. Com a chegada dos soldados, o homem já tinha evadido-se. Buscas foram feitas, mas ele não foi encontrado. O segundo caso, foi, às 09h00min, na Avenida Ladislao Gil Fernandez. Uma mulher contou que parou no semáforo com Peugeot, momento em seu ex-convivente surgiu pela janela e começou a puxar seu cabelo e agredi-la. Ainda quebrou o retrovisor externo direito e o vidro da porta dianteira direita. Em seguida, fugiu. O terceiro registro, foi, às 17h31min, na Avenida Souza Naves. Também um ex-marido, foi acusado de abordar a vítima, em via pública, e com ela teve uma discussão. Logo saiu com seu carro, mas antes bateu de propósito no veículo da denunciante, um Ford Fiesta de cor branca, que resultou em dano no lateral direita, a ameaçando e dizendo  que vai pegá-la. No dia 27 de junho, às 20h00min, policiais faziam patrulhamento na Rua Jacarezinho, quando uma senhora informou ter sido agredida pelo seu ex-marido. Contou que estava numa lanchonete, próximo a sua residência, quando o homem chegou por trás a empurrando. Ela tentou sair do comércio e ir embora, mas o homem não deixou e começou a fazer ameaças dizendo que iria matá-la. Com a intervenção de populares, a ex-mulher foi embora, mas quando fechava o portão, o acusado apareceu novamente e a pegou pelo pescoço dizendo que iria voltar mais tarde e que buscaria a cabeça da vítima e também de sua filha, que tem 13 anos. Como a vítima conseguiu correr para dentro da casa, o autor fugiu. Com a chegada da viatura, foram feitas buscas e o autor encontrado na casa de sua irmã. Ele chegou a informar outro nome, mas foi desmentido por sua irmã. Também desobedeceu ordens da PM, mas acabou contido e detido. E, por fim, o quinto caso foi, também no início da noite, em endereço informado apenas como centro. Um casal de namorados teve desentendimento na casa, sendo que a jovem foi quem acionou o 190. Com a chegada, ambos os envolvidos tinha ido embora juntos, provavelmente chegaram a um entendimento. A tia, que estava no local, disse que eles sempre estão discutindo, mas que não viu nenhum tipo de agressão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA