29/11/2021

ENTREVISTA - Guto Silva, Chefe da Casa Civil, ao vivo com repórter Berimbau

O fim dos atuais contratos de pedágio; retomada do crescimento pós pandemia; programas sociais do governo Ratinho, outros temas e uma mensagem de otimismo para prefeitos e prefeitas   
                     Assista entrevista no link acima                      
Ao vivo, pela Rádio Nova Era (FM 97,5) e também pelo Blog do Berimbau, entrevistamos, neste dia 29 de novembro, de 2021, o Secretário Chefe da Casa Civil, empresário Guto Silva. Em sua fala, com o repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau", ele comentou sobre vários temas, principalmente, deste momento importante que o Paraná está vivendo, onde o Governo Carlos Massa Ratinho Junior, está fazendo a sua parte e algo mais para apoiar a retomada da economia. Inclusive, apresentou números que indicam a melhora na geração de empregos, produção industrial e as vendas do comércio, que estão aumentando. "O governo tem um olhar para todos o setores, seja para o empresariado, aquele que emprega e tem colaborado muito para o crescimento do Estado, como também para aqueles que são os trabalhadores, os assalariados. Para as  famílias carentes, lançamos  agora o Pacote Solidário, para cuidar destas pessoas, que não podem ficar desassistidas. Eu digo sempre, que a gente tem que olhar a floresta inteirar e não somente uma árvore. Tenham certeza, é  assim que o governador tem comandado este Estado", disse Guto. Observou as dificuldades da pandemia, mas também os desafios que ela trouxe, como Ivaiporã, por exemplo, que ganhou um Hospital Regional, exclusivo, para covid, mas agora, este mesmo centro de saúde, vai atender toda região nas mais diversas especialidades, sem precisar que pessoas sejam levadas para Curitiba, todos os dias,  num gesto de humanização da saúde. O principal tema abordado, por Guto Silva, foi a abertura das cancelas de pedágio e o que isto significa neste momento, que é o fim de uma novela triste, onde houve quebra de contratos, suposta corrupção, mentiras e prejuízos. "O pedágio não acabou, mas tenham certeza, ele vai voltar com 50% do valor que é hoje e com garantias, de que as rodovias serão duplicadas, que obras vão primeiro acontecer, para depois vir a cobrança. Teremos rodovias modernas e o cidadão sendo tratado com respeito", afirmou. Comentou ainda das rodovias estaduais, que foram herdadas em condições muito ruins e que, praticamente, todas já foram revitalizadas e agora vem outros investimentos para melhorar a estrutura da malha viária. Para os prefeitos da AMUVI - Associação dos Municípios do Vale do Ivaí, da AMOCENTRO e outros regiões, deixou um recado de otimismo e a garantia que, 2022, será de muitas obras e projetos. Também parabenizou prefeitos e prefeitas, que juntos com o Governo, enfrentaram a maior pandemia dos últimos 100 anos, sem ter receita de como agir, mas adotaram o caminho certo e estão vencendo este momento.   Clique no link de vídeo acima e ouça a entrevista completa. Se desejar assistir a live do  Show da Manhã, da Rádio Nova Era, apresentado por Lúcio Correia,  onde a entrevista ocorreu, clique neste segundo link

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA