Páginas




 


21/03/2022

POLÍTICA - Ex-presidente Lula visita assentamento em Londrina

  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve m Londrina, onde visitou o assentamento Eli Vive, na tarde de 19 de março. Sua visita não deixou de causa polêmica e muitas críticas nas redes sociais por aqueles que são seguidores do presidente Jair Bolsonaro e o acusado de ter montado o maior esquema de corrupção da história.  Acompanhado do ex-governador e ex-senador Roberto Requião, Lula voltou a agradecer o MST pela organização da Vigília Lula Livre que acompanhou os 580 dias que ele ficou preso, na sua versão, injustamente, em Curitiba, em processos que já foram anulados pela Justiça. O tom da fala do político, foi que o Congresso Nacional brasileiro nunca esteve tão deformado como está agora e que é preciso mudar a qualidade dos parlamentares que estão lá. "Eu posso dizer uma coisa, com minha experiência de 50 anos de vida política: o Congresso Nacional brasileiro nunca esteve tão deformado como está agora, nunca esteve tão antipovo como está agora, nunca esteve tão submisso aos interesses antinacionais, como está agora. Esse é, talvez, o pior Congresso que já tivemos na história do Brasil”. Lula tem criticado especificamente o orçamento secreto, para ele orçamento de lesa-pátria, que esvazia poder do presidente e deixa o poder de decisão nas mãos dos deputados. “O Ulisses Guimaraes que foi figura humana extraordinária, presidente da Constituinte e presidente da Câmara, não tinha 10% da força que tem hoje o Arthur Lira como presidente”. O ex-presidente também criticou decisão do presidente da Câmara de criar um grupo de trabalho para discutir adoção do semipresidencialismo no Brasil. “Não conseguiram aprovar o parlamentarismo, com dois plebiscitos que foram feitos nesse país, vão tentar fazer uma mudança na Constituição para tentar criar o semipresidencialismo. Você elege um presidente, pensa que o presidente vai governar, mas quem vai governar é a Câmara, através do presidente e dos deputados, com um orçamento secreto para comprar o voto dos deputados”, reclamou. Lula voltou a dizer que o Brasil passa por processo de destruição desde o golpe que tirou a presidenta Dilma Roussef do poder no início do segundo mandato. Ele mencionou a destruição da Petrobras e o fatiamento da BR, que foi vendida e levou o Brasil à situação de importar gasolina a preço de dólar, o que encarece os combustíveis e pressiona fortemente a inflação. “Estamos pagando em dólar quando a gente recebe em real. Não faz nenhum sentido”, disse criticando também a intenção do governo de privatizar a Eletrobras. “Os deputados não podem deixar o TCU fazer o que ele quer. Eles decidiram autorizar vender a Eletrobras a preço de nada”.

10 comentários:

  1. O ex-presidiário diz ter as soluções para todos os problemas do nosso país.
    Teve 16 anos para consertar o país mas, o que se viu foram muitos escândalos de corrupção, o que levou toda a cúpula do partido à prisão e o país ainda mais para o fundo do poço.
    Se eleito, o que ele fará agora que não tenha dado tempo de fazer ao longo desses 16 anos?
    PT nunca mais!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. isso continue pagando a gasolina em dólar o mercado ta tudo barato a carne esta super barato 70 reais o kl parabéns voce deve de ser multi milionário

      Excluir
  3. faz 8 anos que o PT 8 saiu do governo e a imcompetencia do atual governo fica jogando a culpa no PT quanta imbecilidade.....o lula erradicou a fome no Brasil...agora com Bolsonaro tem 30 milhões passando fome

    ResponderExcluir
  4. Os petistas sabem escrever também, essa é nova pra mim, devagar estão evoluindo kkk

    ResponderExcluir

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...