Páginas





 


05/07/2022

IVAIPORÃ - Prefeitura de Ivaiporã retira 14 árvores e planta 1.430 na cidade

Desde que deu início ao programa Centro Novo, revitalizando e implantando a ciclovia na Avenida Brasil, a Prefeitura de Ivaiporã recebe queixas de moradores acerca do corte de árvores. Foram retiradas 14 e serão substituídas por espécies adequadas. No entanto, a extração de árvores é feita quando é senescente – fase terminal do desenvolvimento biológico dos vegetais, porque apresenta doença irreversível ou põe em risco quem trefega ou estaciona veículos próximos. Além disso, o procedimento é feito seguindo critérios técnicos com laudos. A diretora do Departamento de Meio Ambiente, Denise Kusminski, explicou que uma árvore com boa aparência ou folhas verdes é considerada saudável para um cidadão. Mas pode ter problemas sérios na raiz, tronco ou nos galhos. “Inclusive há árvores que não fazem parte do trajeto da ciclovia que precisam de corte. Por isso, fazemos o manejo e substituição das espécies. Por outro lado, aquelas árvores que se encontram em boas condições serão contornadas pela ciclovia – assim como foi feito nos grandes centros”, esclareceu Denise Kusminski. EXÓTICA INVASORA - A obra entre a Fatec e a Praça Manoel Teodoro da Rocha engloba a Fase I do projeto Centro Novo, enquanto a Fase II encontra-se em processo de planejamento e projeto para ser desenvolvido e concluído a partir da Casa Esperança – passando pela Praça Manuel Marques Pereira, Terminal Rodoviário, seguindo pelas Avenidas Brasil e Souza Naves, sentido Centro Cultural, UPA 24h, IAP, APAE – e finalizando na Praça Manuel Marques Pereira. O percurso da Fase II soma 2,2 km. Denise Kusminski antecipou que haverá mais cortes de árvores e substituições na Avenida Souza Naves, entre o Instituto de Saúde Lucena Sanchez (Hospital Maternidade) e o Instituto Água e Terra (IAT), porque a maioria das espécies é alfeneiro (Ligustrum spp) e integra a lista de espécies exóticas no Paraná conforme a Portaria 059/2015 do IAP. “Trata-se de uma espécie exótica invasora que pode apresentar risco para a biodiversidade e conservação ambiental de ecossistemas nativos – além de causar prejuízos nas calçadas e fiação elétrica, alergias nas pessoas e manchas em roupas e automóveis devido aos frutos”, esclareceu Denise Kusminski. 1.430 ÁRVORES - Entre janeiro de 2021 e junho de 2022 o Departamento de Meio Ambiente plantou 1.430 árvores: Avenida Aparício Cardoso Bitencourt (77), Avenida Castelo Branco (85), Avenida Osvaldo Cruz (90), Avenida Maranhão (170), Praça Japão (14), Praça Tenente Ayres (23), Praça dos Teixeiras (10), Praça da Xurupita (26), Jardim Botânico (900) e nas escolas municipais (35). Além disso, a equipe do Departamento de Meio Ambiente doou 4.711 mudas das mais variadas espécies produzidas no Viveiro Municipal. Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...