Páginas




 



 


17/10/2022

POLÍTICA - Mais detalhes sobre suposto atentado contra Tarcísio de Freitas

 
O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que recebeu um telefonema do candidato ao Governo de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos), na manhã desta segunda-feira (17 de outubro), após o tiroteio ocorrido durante agenda de campanha de Tarcísio na comunidade de Paraisópolis, na zona sul da capital paulista. Bolsonaro ressaltou que "tudo é preliminar ainda" e preferiu não se posicionar sobre uma possível motivação por trás do incidente. "Não quero me antecipar. Se foi uma ação contra a equipe dele, se foi uma ação isolada, se algum conflito já estava havendo ou por haver na região. Então, seria prematuro eu falar sobre isso", disse. O presidente e candidato à reeleição frisou que aguarda as investigações e que Tarcísio deveria reforçar a segurança pessoal durante os eventos de campanha. Bolsonaro também relacionou o incidente com o caso em que um homem foi preso após atirar em uma igreja onde a primeira-dama Michelle Bolsonaro falaria, na última sexta-feira (14). "O que eu sei é que, há poucos dias, teve uma ação de dois tiros em uma igreja onde a primeira-dama se faria presente. O elemento foi preso, detido, confessou ser do Comando Vermelho e que os dois tiros foram para intimidar e evitar que muita gente comparecesse a esse evento da primeira-dama com a senhora Damares. Isso está acontecendo, a gente lamenta. Um caso já comprovado que tem a ver com motivação política. O caso Tarcísio ainda não", completou. Tiroteio - Na manhã desta segunda-feira (17), o candidato do Republicanos ao Governo de SP esteve no Polo Universitário de Paraisópolis. No entanto, a agenda precisou ser interrompida após o início de um tiroteio. Tarcísio afirmou nas redes sociais que ele e a equipe conseguiram deixar o local em segurança, com o apoio da Polícia Militar de São Paulo. Nas redes sociais, Tarcísio alegou ter sido atacado e disse que um suspeito foi baleado. A polícia, entretanto, não confirma as informações. "Em primeiro lugar, estamos todos bem. Durante visita ao 1° Polo Universitário de Paraisópolis, fomos atacados por criminosos. Nossa equipe de segurança foi reforçada rapidamente com atuação brilhante da @PMESP. Um bandido foi baleado. Estamos apurando detalhes sobre a situação", disse ele em postagem no Twitter.. Veja mais detalhes no portal R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...