terça-feira, 29 de janeiro de 2019

FAXINAL - Polícia encontra fábrica clandestina que adulterava bebidas

De forma caseira, morador de Faxinal é acusado de adulterar bebidas alcoólicas e depois comercializar em Faxinal e região    
No link de vídeo, ouça entrevista com o Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, delegado de Faxinal 
         A Polícia Civil, de Faxinal, Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, informou que recebeu informações do soldado Magioni, da Polícia Militar, relatando que na Rua Eugênio Bastiani, estava ocorrendo adulteração de bebidas alcoólicas para posterior venda no comércio local e, possivelmente, toda região, caracterizando uma fábrica clandestina que produzia produtos adulterados. Diante da suspeição grave, no dia 28 de janeiro, o Dr Ricardo, acompanhado do investigador José Carlos Leite, foi  até o local, e já, do portão, ambos conseguiram  visualizar engradados de bebidas e garrafas estocados nos fundos do imóvel, de propriedade do senhor Rubens Orlando de Almeida. Ao ser abordado, o cidadão autorizou a entrada dos agentes, os quais constataram, que nos fundos haviam várias produtos como: Whisky, Vodka, Cachaça, garrafas vazias e copos de vidro. O que também chamou atenção, foram os galões de álcool contendo vários litros do produto armazenados. Em um dos quartos, foram encontrados engradados; havia também garrafas na carroceria de um caminhão que se encontrava estacionado. Diante do flagrante de falsificação ou adulteração de bebida alcoólica, foi dada voz de prisão ao senhor Rubens, o qual foi encaminhado para Delegacia, juntamente com os produtos e vários veículos que estavam estacionados no terreno, entre eles: uma Montana; uma Nissan Frontier; Caminhão F.400 e um Chevrolet Celta Spirit. No link de vídeo, ouça entrevista com o Delegado Ricardo, relatando mais detalhes. O acusado negou a prática de crimes. Clique Aqui para ver desdobramentos desta primeira operação e outras prisões.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA