terça-feira, 12 de março de 2019

ORTIGUEIRA - Ex-delegado da cidade é detido pela Polícia Civil

O acusado, que também foi escrivão "adhoc", foi até a Delegacia e descobriu que tinha um mandado de prisão 
              A Polícia Civil, de Ortigueira, confirmou ao Blog do Berimbau, a informação que foi preso o cidadão Gilvan Martins Coelho, muito conhecido de toda comunidade ortiguerense. Ele já assumiu a função de delegado da cidade, na época que era possível nomear os chamados"Calças Curtas"; também atuou como escrivão "adhoc" da PC e servidor público, da prefeitura municipal. Por telefone, o plantão da delegacia, disse, neste dia 12 de março, de 2019, terça-feira, que Gilvan, compareceu de livre e espontânea vontade na DP para realizar um procedimento de praxe e quando os agentes colocaram seu nome no sistema, constataram que ele tinha um mandado de prisão por pedofilia. Diante da situação de flagrante, Gilvan recebeu voz de prisão. O acusado, de imediato, disse que ficou surpreso e indignado com o mandado expedido, negou que tenha cometido qualquer crime e disse que vai provar sua inocência. Minutos após a publicação da reportagem, uma pessoa ligou, dizendo ser da família, que o advogado dele faria contato com a reportagem para esclarecer melhor o fato. Já a ex-mulher de Gilvan, Maria Inês Lauber,  e uma filha Thais Lauber,  disseram que ninguém da família de Ortigueira ligou, e que não concordam com o que ele fez ou é acusado de fazer. Também  querem justiça. "Cada um paga pelo que faz, e se fez, é irá pagar, sem dúvida, e nenhum dos filhos irá proteger", disseram elas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA