quinta-feira, 26 de março de 2020

CALIFÓRNIA - Em Califórnia bandidos estão abatendo e furtando gado

Na imagem, a direita, foto da árvore, onde a vaca foi amarrada para ser abatidas   
 MAIS DETALHES - Moradores da zona rural de Califórnia, procuraram o Blog do Berimbau e a Rádio Nova Era, para fazer uma reclamação. Eles disseram que não  suportam mais a onda de furtos de gado, principalmente a modalidade em que os marginais abatem o animal no meio do pasto e levam a carne, deixando ossos e as vísceras para trás. As imagens acima, são de um furto registrado, junto a Polícia Militar, no dia 26 de março, na Estrada Boa Sorte, pelo dono de uma propriedade, de nome Márcio. Ele disse que é a segunda vez que abatem animais de seu pasto em um curto espaço de tempo. "Eles amarraram a vaca em uma árvore, conforme é possível visualizar nas fotos, e depois a mataram com tiro", disse ele. Outros produtores rurais fizeram contato com a reportagem. "É preciso  apurar este crimes e começar a prender esses marginais, porque a insegurança aqui é total", reclamou outro cidadão.  Vale ressaltar que os moradores não fizeram quaisquer reclamações do Destacamento da Polícia Militar, pois, apesar de limitações que a PM enfrenta no estado, como falta de efetivo e estrutura, no caso em questão, todas as vezes que houve o acionamento a corporação sempre prestou o atendimento, registrando os boletins e não tem medido esforços  para realizar patrulhamentos e até auxiliar na investigação, que é uma atribuição da Polícia Civil, no sentido de identificar os marginais e conter, não somente este crime, mas outros delitos.   Nossa reportagem reconhece que cometeu falhas, ao não deixar essa informação mais clara, possibilitando ambiguidades ou interpretações equivocadas. Também ressaltamos, que os produtores solicitam a polícia investigativa (Delegada de Polícia Civil), uma investigação mais precisa de cada caso, pois acreditam que não seria impossível chegar aos delinquentes, que parecem integrar uma mesma quadrilha, que está realizando tais crimes. Por telefone, neste dia 27 de março, conseguimos falar com o Delegado Dr. Felipe, de Marilândia. Ele informou que não considera uma onda de furtos, que inclusive alguns crimes foram registrados, mas que a investigação fica difícil pelo motivo dos  crimes ocorrerem à noite e  sem testemunhas. Também disse que o próprio produtor, tem facilitado, por deixar o gado em local ermo e sem ninguém nas propriedades. Também afirmou que está a disposição dos agricultores para que a questão possa ser debatida ou uma solução venha as ser encontrada. Nossa reportagem continua acompanhando o caso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA