terça-feira, 17 de março de 2020

IVAIPORÃ - Não há casos confirmados de coronavírus em Ivaiporã

Prefeitura de Ivaiporã informa que, se surgir caso positivo de Covid-19, a população será avisada por meio de boletim
        Levando em consideração as dúvidas e preocupações da população do município o diretor do Departamento Municipal de Saúde, Claudeney Martins, informa que não há casos confirmados de coronavírus (Convi-19), em Ivaiporã, mas tem 4 pessoas isoladas e em quarentena – por precaução. Segundo Claudeney Martins as pessoas em quarentena fizeram o exame preconizado pelo Ministério da Saúde como forma de precaução. Claudeney Martins informa que é dever do município informar oficialmente, em caso de teste positivo. “Se constatarmos algum caso positivo de coronavírus, no município de Ivaiporã, a população será informada por meio de boletim oficial, que é remetido à Secretaria de Estado da Saúde. Na sequência, a Secretaria de Estado da Saúde remete ao Ministério da Saúde e posteriormente à Organização Mundial de Saúde. Este é procedimento adotado pelos municípios e Estados. Dessa forma, o coronavírus é mapeado no mundo”, explicou Claudeney Martins. Por outro lado, a chefe de divisão de vigência em saúde da 22ª Regional de Saúde, Marcelle Mareze, pede à população para não agir de má fé – divulgando fakenews –, o que sobrecarrega do sistema de saúde. “Não temos casos de coronavírus confirmados em Ivaiporã, e sim em quarentena. Trata-se de precaução. Estamos imunes ao vírus? Não! Por isso, é importante a população colaborar para evitar registro positivo no município. E, se surgir caso positivo, a população saberá apenas por boletim”, reforçou Marcelle Mareze. Os principais sinais do coronavírus são: febre, tosse, fadiga e dificuldade para respirar. Uma pessoa gripada pode apresentar quadro semelhante. Caso a pessoa sinta algum sintoma deve procurar uma Unidade Básica de Saúde – se tiver febre, e não recorrer ao Pronto Atendimento. Por isso, o histórico de onde a pessoa esteve nos últimos 15 dias – antes de os sintomas surgirem, também são importantes. “É fundamental explicar por onde viajou e passar informações aos profissionais de saúde para que possam tomar a melhor medida”, sugeriu Marcelle Mareze. Na Farmácia do Posto Central a equipe adotou medidas, tais como disponibilidade de álcool em gel para a população e cadeiras na área externa para ser utilizadas em caso de espera por atendimento. Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã – Lúcia Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA