terça-feira, 24 de março de 2020

MANOEL RIBAS - A NOVELA DAS DIÁRIAS CONTINUA

Câmara de Manoel Ribas gasta mais de R$ 10 mil para vereador fazer curso em cidade com casos de Coronavírus
      Em plena pandemia de COVID-19, o vereador Márcio Patera, de Manoel Ribas, resolveu ir até a cidade catarinense de Chapecó, na penúltima semana de março, de 2020, para mais um curso de "aperfeiçoamento". O detalhe, é que aquela cidade já possui casos confirmados do novo coronavírus. Enquanto o mundo todo preocupa-se com o isolamento domiciliar e medidas de prevenção, o vereador parece estar mais preocupado com outros temas secundários, apesar que há quem diga que esses referidos cursos não passam de um álibi para recebimento de valores, como inúmeros casos já foram denunciados pela imprensa no Brasil. Para piorar a situação, a viagem custou R$ 8.750,00 em diárias. Somados, os valores gastos com combustível e inscrições, foram mais de R$ 10 mil "investidos", com aval do presidente da Câmara, porque além do nobre edil, também foram alguns servidores (três). Pelas ruas de Manoel Ribas, um cidadão indagou: "quantos quilos de alimentos poderiam ser comprados com esse valor, nesse momento tão difícil que estamos passando?. Fica a pergunta". O oeste catarinense tem sido destino corriqueiro de alguns vereadores de Manoel Ribas. No ano passado a Câmara gastou mais de R$ 50 mil apenas em diárias para Águas de Chapecó (cidade conhecida por suas águas termais), Dionísio Cerqueira (divisa com a Argentina) e também Mundo Novo (cidade sul matogrossense que faz divisa com o Paraguai). Viajaram para pelo menos um destes destinos os vereadores Ronaldinho Grochoski (4 vezes), Márcio Patera (4 vezes), Toninho (3 vezes) e Lindolfo Oenning (1 vez). Além dos valores exorbitantes, chama atenção o fato de que os cursos nestas cidades são promovidos pela mesma empresa que, inclusive, é investigada pelo Tribunal de Contas em uma operação de "pente-fino". Vale lembrar que o TCE possui uma escola de gestão com cursos que podem ser realizados online pelos vereadores mas, mesmo assim, em 2019 a Câmara de Manoel Ribas gastou quase R$ 150 mil em diárias. DIREITO DE RESPOSTA - Na manhã deste dia 24 de março, nossa reportagem ligou inúmeras vezes na Câmara Municipal, mas o telefone constava como ocupado. Um das ligações, foi atendida, por volta das 09:40 horas, o atendente desligou por conta de um suposto problema na conexão. Nossa reportagem também ligou no celular do vereador, mas ele não atendeu. Por fim deixando uma mensagem em seu Whatsapp para que pudesse usar o direito de reposta, mas até a publicação desta reportagem, não houve manifestação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA