quarta-feira, 22 de abril de 2020

FISCALIZAÇÃO- Jacovós cobra fiscalização do transporte coletivo na região de Maringá

           O Deputado Delegado Jacovós disse na manhã desta terça-feira (5 de maio) que é preciso fiscalizar as linhas do transporte coletivo que estão com superlotação e com aglomeração de passageiros. O Deputado parabenizou o Procon de Maringá que aplicou uma multa de R$ 444 mil na concessionária do Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC) após denúncias de passageiros que havia lotação em algumas linhas e que a prevenção contra o coronavírus não é aplicada pela empresa no terminal. Segundo o Procon de Maringá, fiscais flagraram vários ônibus saindo ou chegando lotados. O órgão de defesa ao consumidor ainda apontou falhas na higienização do local. Ainda conforme o Procon, em vários momentos da vistoria os fiscais foram abordados por passageiros preocupados e que reclamaram do serviço. “Primeiramente quero aplaudir a ação do Procon. O Procon de Maringá está de parabéns, é assim que deve agir um órgão de fiscalização. A multa foi aplicada e a empresa tem o direito de recorrer. Mas o que não pode, é ficar cometendo infração, ainda mais nesse momento de pandemia,” disse o Deputado. Delegado Jacovós ainda cobrou o Procon de Sarandi e Paiçandu, para que também fiscalizem o transporte coletivo dos municípios. “O Procon existe para defender o consumidor, o consumidor é usuário do transporte. É preciso fiscalizar para ver como está a situação. Quem nomeio o diretor do Procon é o prefeito, pois é um cargo de confiança. Se o diretor não está agindo, o prefeito tem que exonerar,” ressalta Jacovós. (Assessoria do Deputado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA