25/06/2021

BORRAZÓPOLIS - Cozinha e padaria comunitárias ganham novos equipamentos

O Governo do Estado e a prefeitura de Borrazópolis, entregaram à população nesta semana as instalações reformadas da cozinha e da padaria comunitárias. Ambas tiveram os equipamentos renovados, acrescidos de outros itens que possibilitarão maior diversidade de alimentos e ampliação da listagem de cursos oferecidos no local. A reforma foi custeada pelo município, enquanto o Estado cobriu a maior parte dos custos com os novos equipamentos por meio do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), da Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento. Foram destinados R$ 126.695,47, com contrapartida de R$ 6.893,33 do município. “O projeto foi muito bem feito, a equipe trabalhou e essa união resultou no que está sendo entregue. Isto não é um prêmio, é resultado de trabalho. Isto não é sorte, é esforço”, disse o administrador do Desan no núcleo de Ivaiporã, Carlos Alberto Ferreira. “A ideia de segurança alimentar é atender toda a comunidade, desde o produtor rural, os funcionários públicos que terão acesso a novos equipamentos para o trabalho, até as crianças, que são nosso foco para ter alimento de qualidade”. BENEFICIÁRIOS – O prefeito Dalton Fernandes Moreira exaltou o trabalho realizado em parceria com o governo estadual. “Talvez para alguém seja uma obra simples, mas para outros é muito importante, pois daqui vai sair o alimento para nossas crianças de nossas escolas e para o nosso centro de esportes e educação”, afirmou. Da cozinha/padaria comunitária saem, por semana, até 5 mil pães que alimentam, entre outros, crianças das escolas e creches municipais, famílias assistidas no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), além de atender departamentos da prefeitura, o hospital municipal e a Associação de Catadores de Material Reciclável. A estimativa é de que aproximadamente 1.500 pessoas sejam beneficiadas. As instalações também são utilizadas para cursos profissionalizantes, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) e com o Senar/PR. Ali são formadas e capacitadas merendeiras e cozinheiras em geral, além de ser espaço para disseminação de conhecimentos sobre segurança alimentar e nutricional e orientações visando reduzir o desperdício de alimentos. CENTRAL – A estrutura foi inaugurada em 2000 e, de acordo com a nutricionista Patrícia Pires, os maquinários tinham a mesma idade. “Os equipamentos estavam muito desgastados, precisando bastante de manutenção. Agora, temos os novos para a gente fazer a parte da confeitaria também”, disse. Entre os utilitários estão batedeira, liquidificador, extrusora para bolachas e fatiador de frios. Segundo ela, o próximo passo é ampliar a Central da Agricultura Familiar, que ocupa o mesmo espaço. Ali são feitas a recepção e a distribuição de alimentos para programas públicos, como o Compra Direta e Alimentação Escolar. Balanças, caixas e pallets adquiridos agora também ajudarão a central. A confecção do projeto de reforma teve a participação, além de Patrícia, do técnico do IDR-Paraná Leandro Cividini. A manutenção do empreendimento, que fica no Centro Municipal de Educação Infantil Meu Pequeno Príncipe e tem quatro pessoas atuando diretamente, é feita com recursos próprios do município.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA