12/09/2021

BORRAZÓPOLIS - Embriaguez ao volante, ameaça e um caso de porte de droga

EMBRIAGUEZ -  No dia 11 de setembro, às 21h50min, um cidadão, de 41 anos, saiu do conhecido "Bar do Nino". Ele foi até seu carro, um Vectra de cor vermelha, placas de Cambé, e saiu conduzindo em frente à equipe policial. Como houve suspeita de embriaguez, foi abordado, logo em seguida, na Avenida Brasil, sendo constatado que o carro não apresentava débitos junto ao Detran, assim como o condutor possui habilitação categoria B, em situação normal. Indagado se ingeriu bebida alcoólica, afirmou que sim, que passou a madrugada da noite anterior bebendo, mas que durante o dia não bebeu. Oferecido ao mesmo, realizar o teste do etilômetro, aferiu a quantia de 0,32mg/L, configurando o crime de trânsito. AMEAÇA -  Vale ressaltar, que durante atendimento da ocorrência de embriaguez ao volante, um masculino saiu de um Bar e foi até próximo dos soldados. Ele foi avisado, para que não se aproximasse da ocorrência, momento em que foi para o meio da Rua, colocando sua vida em risco. Ao ser informando que deveria sair daquele local, passou a gritar e causar transtornos, dizendo que os policiais não sabiam com quem estavam mexendo e que seu irmão iria ficar sabendo. Também que iria falar pessoalmente com o prefeito da cidade, para que a equipe policial fosse transferida cidade. Ao final, acabou conduzindo. DROGA - Ainda, em Borrazópolis, no dia 12 de setembro, 01h35min, em patrulhamento pela área central, na Avenida Brasil, a equipe policial abordou dois indivíduos em atitude suspeita, tentando esconder o rosto. Abordados, foram identificados, um como sendo de 16 anos e outro 24 anos. Durante revista pessoal, foi encontrado, no bolso direito da calça do maior, um invólucro plástico transparente contendo cerca de 01 grama de substância análoga à maconha. Indagado, disse ter comprado nas proximidades do Lago, de um masculino de blusa vermelha, o qual tem 16 anos, e possui diversas passagens por tráfico. Diante dos fatos, o menor foi liberado no local e maior encaminhado até Destacamento, de Borrazópolis, para confecção de termo circunstanciado. Disse ainda que vem sendo ameaçado de morte por pessoas ligadas ao tráfico de drogas, por conta de juros e uma dívida de entorpecente (cocaína) que já tem 03 anos, por isso, estava indo levar dinheiro para entregar ao menor para que não o mate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA