21/09/2021

DENGUE - Mais 133 casos no Paraná. Na região, Arapongas tem mais notificações

O boletim semanal da dengue publicado nesta terça-feira (21 de setembro) pela Secretaria de Estado da Saúde registra 133 casos confirmados da doença no Paraná, desde o início do atual período epidemiológico, em 1º de agosto deste ano. Na região, Arapongas, apesar de não tem casos, consta com 25 notificações. Depois vem Apucarana, com 14; Faxinal 08; Jandaia 05 e Marilândia 04. Veja mais dados, na tabela publicada na imagens acima. Ao todo, s
ão 56 casos a mais do que no informe anterior, que apresentava 77 confirmações. Os novos casos confirmados foram registrados em Foz do Iguaçu (27), Londrina (13), Maringá (4), Querência do Norte (2), Cambará (1), Sertanópolis (1), Rolândia (1), Lupionópolis (1), Paranacity (1), Santa Cruz do Monte Castelo (1), Umuarama (1), Guaraniaçu (1), Sengés (1), e Telêmaco Borba (1). Há ainda 1.476 casos em investigação e 180 municípios registraram notificações de dengue, que passaram de 2.652 para 3.356. O Estado não registrou nenhum óbito neste período. Segundo o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, a dengue continua sendo uma preocupação da Sesa, que segue dando apoio técnico às 22 Regionais de Saúde e às equipes de Vigilância Ambiental dos municípios. “O cuidado e ajuda da população também são fundamentais para que os números não saiam do controle”, afirmou. CRIADOUROS – Segundo levantamento entomológico publicado pela Sesa, a maior porcentagem de criadouros está em locais passíveis de remoção, recipientes plásticos, garrafas, latas, sucatas e entulhos de construção. Vejo o informe completo AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA