04/09/2021

OURO - Futebol de 5 brasileiro fatura o pentacampeonato na Tóquio 2020

Com gol de Nonato, a seleção brasileira de futebol de 5 conquistou neste sábado (4 de setembro, de 2021) o pentacampeonato paralímpico na Paralimpíada de Tóquio. A final foi disputada contra a Argentina, com vitória brasileira por 1 a 0 no Parque de Esportes Urbanos de Aomi, na capital japonesa. O futebol de 5 levou a 22ª medalha de ouro na Tóquio 2020, superando Londres 2012, quando o país havia estabelecido a melhor marca, com 21 ouros. A final contra os vizinhos sul-americanos reeditou a decisão de Atenas 2004, quando a modalidade esportiva começou a fazer parte do programa paralímpico. À época, a seleção brasileira venceu, nos pênaltis, por 3 a 2 os argentinos. De lá para cá, o Brasil colocou a medalha de ouro em Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016 e, agora, Tóquio 2020. Além disso, a seleção verde-amarela jamais perdeu uma partida na história dos Jogos. Ao todo, foram 27 partidas, tendo obtido 21 vitórias e seis empates. Em Tóquio 2020, estreou com vitória contra a China por 3 a 0. Nas duas últimas partidas da fase de grupos, os brasileiros emendaram duas goleadas: por 4 a 0, nos confrontos com o anfitrião Japão e França. A semifinal foi completamente diferente da fase anterior. No duelo com o Marrocos, o Brasil venceu pelo placar mínimo de 1 a 0. Na sequência, os marroquinos se reabilitaram e derrotaram a China por 4 a 0. Com esta vitória, a seleção africana ficou com o bronze. A vice-campeã Argentina contou com Espinillo, o artilheiro da competição com sete gols marcados. Já Nonato foi o vice-artilheiro, tendo balançado seis vezes a rede adversária.  (Agência Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA