20/11/2021

CALIFÓRNIA - Casal é preso acusado do assassinato de Sidnei dos Santos

O rapaz foi preso em Califórnia e a sua convivente na Vila Reis, cidade de Apucarana 
No dia 19 de novembro, a Polícia Militar, de Califórnia, no comando temporário do Sargento Francis, prendeu um casal na cidade e, em Apucarana, acusado de um assassinato em Califórnia. O rapaz de nome Rafael Fabiano e a moça, Poliana, sendo ele detido no próprio município, e a feminina  no Distrito de Vila Reis (Apucarana). Uma levantamento feito pela PM, apontou que eles seriam autores do crime contra Sidnei dos Santos, de 43 anos, morto a facadas em 25 de outubro, de 2021. Foi autorizada a prisão, pelo poder judiciário e houve informação que os dois estavam prontos para ir embora para São Paulo. O masculino já havia pedido demissão de uma obra de calçamento, em Califórnia. "Localizamos o Rafael em Califórnia e ele disse que a convivente estava na casa dos pais dela em Apucarana. Então fomos ao município vizinho e efetuamos outra prisão", informou o Sargento Francis. Ele também contou, ao repórter Edi Henrique, que, no dia 28 de outubro, chegou denúncia anônima apontando que o casal estava envolvido e morava numa kitnet. A PM foi até a casa, sendo que os suspeitos disseram que, na noite dos fatos, não haviam saído e ficaram jogando dominó. Imagens de câmeras de segurança, de uma local vizinho, revelou que tudo era mentira, ou seja, que eles saíram naquela noite e, quatro minutos depois, voltaram correndo, ele sem camisa e com algo na cintura. Após estas informações, a investigação continuou e outras provas foram sendo coletadas, até culminar com as prisões. Rafael e Poliana, negam os crimes e disseram que vão provar inocência. SOBRE O HOMICÍDIO - Conforme publicamos, no dia do crime, o morador de nome Sidnei dos Santos, de 43 anos, filho do senhor "Nadir", família residente na região do "Buracão", foi morto com facadas, em Califórnia, no dia 25 de outubro, às 20h30min, na Rua Mirian Marçal. Consta no boletim, que quando a Polícia foi acionada, a vítima já estava na Centro de Saúde Municipal, com uma perfuração profunda abaixo da axila do braço direito e um pequeno corte na região do pulso direito. Durante o atendimento, o cidadão entrou em choque hipovolêmico, devido a perda de sangue, vindo a óbito. A PM iniciou as diligências, no intuito de descobrir e localizar o autor, sendo conversado com o irmão de Sidnei, o Carlos dos Santos. Ele contou que estavam juntos, deslocando pela Rua Itararé, momento em que uma pessoa chegou por trás e desferiu o golpe. Afirmou ainda que o esfaqueado saiu correndo, mas logo caiu e foi amparado e socorrido por ele. O irmão e testemunha não soube precisar características físicas ou vestimentas do autor. Ele estava abalado, também em estado de choque e com fala desconexa. No local da agressão, os Policiais encontraram uma criança, de 09 anos. O menino afirmou ter visto um casal agredindo Sidnei, sendo um homem de boné, camiseta clara e bermuda e a mulher trajava roupas escuras, tendo o cabelo médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA