15/11/2021

IVAIPORÃ - Casos de violência doméstica e uma embriaguez ao volante

Ao atender ocorrência de homem que agredia a ex-mulher, foi registrado, simultaneamente, caso de embriaguez ao volante. Houve ainda mais duas situações agressões familiares  
      A Polícia Militar, de Ivaiporã, registrou caso de violência doméstica e dirigir embriagado, em uma mesma ocorrência, no dia 14 de novembro, às 21:30 horas, na Rua Cuba. Em contato com uma moradora, ela passou a relatar que, na parte da tarde, estava no Pesqueiro Natureza, quando chegou seu ex-marido, o qual não aceita o término do relacionamento. Ele começou a proferir palavras de ofensa. Para evitar confusão, retirou-se, juntamente, com seus amigos e foram para a residência de outra pessoa, mas, pouco depois, chegou, novamente, o autor, em um Chevrolet Corsa e entrou, sem consentimento dos proprietários, passando assim a agredir a ex-mulher, com empurrões e chutes. Ele dizia: “Se eu ver você com outra pessoa, irei te matar”. Toda confusão foi presenciado pelos filhos. A mulher contou que tem uma medida protetiva. Todas as providências foram tomadas. Vale ressaltar, que quando os policiais colhiam informações, passou pela Rua, uma motocicleta vermelha, em alta velocidade. Foi iniciado o acompanhamento tático, sendo a abordagem na Avenida Presidente Castelo Branco, onde o homem foi encontrado caído ao solo e com sinais de que havia batida numa árvore. Ele recebeu atendimento médico, mas não sofreu ferimentos graves. Indagado se havia ingerido bebida alcoólica, informou, sendo que o teste aferiu 0,80mg/l. Vale ressaltar que as ocorrências foram registradas simultaneamente, mas uma não tem relação com a outra. OUTROS CASOS - Ainda, sobre violência doméstica, mais dois casos foram registrados. Neste dia 15 de novembro, 00h50min, no Distrito Alto Porã. Uma mulher disse que seu marido a havia agredido. A Polícia foi ao local, mas a vítima não foi encontrada para formaliza atendimento. No dia 14 de novembro, 22h30min, na Rua Emiliano Perneta, cidadão disse que sua amásia chegou alterada e discutiram. Que a mulher, passou a quebrar diversos objetos dentro da residência, entre eles: televisor, micro-ondas e o para-brisas do seu carro. Que com intuito de conte-la, a segurou pelos braços, mas ela passou a morde-la e dar socos, resultando em lesões. Pouco depois, o seu cunhado a buscou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA