20/11/2021

IVAIPORÃ - Três casos de embriaguez ao volante foram registrados pela PM

Rua Ludovico motorista de Gol foi autuado pelo crime. Na Rio Grande do Sul, um Mini Cooper, era dirigido por motorista com sintomas de embriaguez. E ainda, na Av. Presidente Castelo Branco, a ROTAM flagrou mais um caso 
  Dois casos de embriaguez ao volante, foram registados no dia 19 de novembro, de 2021, sexta-feira. O primeiro, às 20h40min, na Rua Ludovico Merico. Durante operação, denominada "Fecha Quartel", foi visualizado um veículo Gol branco, que tentou desviar da blitz, mas foi abordado em seguida. Após verificação da documentação, ele fez o teste do bafômetro e aferiu 0,35 mg/l, caracterizado crime de embriaguez. O segundo, foi, praticamente, no mesmo horário, 20h40min. A denúncia dizia que, na Rua Rio Grande do Sul, fundos do Instituto de Saúde Bom Jesus, houve denúncia sobre briga entre duas pessoas e que havia um automóvel Importado, Mini Cooper de cor cinza, e uma delas gritando por socorro. Ao chegar ao endereço, o condutor percebeu a viatura e deixou o endereço, sendo alcançado na Avenida Presidente Castelo Branco, mas nada de ilícito localizado. A vítima  contou que estavam discutindo, mas já haviam se entendido. Porem, havia sintomas de embriaguez no motorista. Ele mesmo confessou que estava bebendo desde às 16 horas. Sendo assim, foi oferecido o exame, mas ele recusou dizendo que  não queria produzir provas contra si mesmo. Ele foi detido e o carro deixado na responsabilidade de sua namorada. Na delegacia, negou embriaguez. E, por fim, houve um terceiro caso, já era madrugada, do dia 20 de novembro, sábado, 01h47min, onde o detido foi acusado de embriaguez ao volante, direção perigosa, ameaça, dano qualificado, desacato, desobediência e resistência, também na Avenida Presidente Castelo Branco. A  equipe ROTAM, avistou um veículo de cor escura, fazendo manobras perigosas, cantando pneus e, em seguida, saiu em alta velocidade avançando preferenciais e causando riscos de acidentes e atropelamento de pedestres, que estavam retornando da festa de aniversário da cidade, no Jardim Botânico. Foi iniciado um acompanhamento tático, com uso de sirenes e sinais luminosos, mas o motorista saiu em fuga, em alta velocidade, até perder o controle vindo a colidir contra a calçada e placa de sinalização no cruzamento da Avenida Castelo Branco, com a Rua Vereador Orlando Burato, causando danos no carro, na calçada e quebrando a placa. Após o acidente, eles tentaram fugir a pé, mas foram alcançados. O condutor reagiu com chutes e socos, sendo necessário o uso de força física e técnicas de imobilização para realizar a prisão. Ao ser conduzido para o camburão, chutou a porta impedindo seu fechamento e fazia ameaças dizendo que era de uma facção criminosa e que iria cobrar a fita e matar os "vermes", se referindo a PM. O passageiro também saiu correndo e desobedecendo, mas foi contido. O carro, um Corsa Classic preto, foi guinchado e encaminhado ao pátio da 6ª Companhia da Polícia Militar. O motorista foi autuado por embriaguez ao volante, já que apresentava sintomas. As informações acima constam no boletim, inclusive, que os detidos são citados em diversas denúncias, como traficantes. Na delegacia, os suspeitos negaram os fatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA