18/11/2021

JARDIM ALEGRE - Dia 24 de novembro, o ônibus Lilás estará no município

O município de Jardim Alegre, receberá, no dia 24 de novembro, de 2021,  próxima quarta-feira, entre  09 às 16 hrs, no Salão de Eventos do conjunto José Pachusck, nas proximidades do CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social, o ônibus Lilás, que será importante para o atendimento as mulheres vítimas de violência doméstica.  A organização é do referido CREAS, equipe formada pela  Maurielen, assistente social; Claudenise e Rúbia,  psicólogas;  a Assistente Social, Laisa e Secretária de Assistência Social, Sônia Maria de Santana, com apoio da prefeitura; Secretaria Municipal de Saúde; Faculdade Univale - atendimento Jurídico; Conselho Tutelar, Polícia Militar e Coordenadoria da Mulher.  O objetivo é prestar atendimento as mulheres em situação de violência, fomentar políticas públicas específicas voltadas para este público,  fazer um levantamento em relação ao índice de violência contra elas, assim como conscientizar e orientar a população. Os atendimentos realizados, por meio do Ônibus Lilás, são de grande relevância, pois explanam para as mulheres, os seus direitos, onde e como acessá-los, se estiverem vivenciando uma situação de violência. Enfim, é o momento, que as mulheres tomam conhecimento, que existe uma rede de apoio, com a qual pode contar até no momento de afastar-se do agressor.   SOBRE - O Ônibus Lilás voltou a circular no Paraná, desde o mês de agosto, em que se comemora os 15 anos da Lei Maria da Penha. A unidade móvel da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, dedicada ao atendimento às mulheres vítimas de violência. O programa desenvolvido por meio do Departamento de Garantias dos Direitos da Mulher,  oferece orientação contra violência doméstica e familiar, direitos da mulher, orientação psicológica, jurídica e assistência social para mulheres. “Políticas públicas são importantes para a prevenção e enfrentamento da violência. Os nossos ônibus são preparados para garantir a privacidade e sigilo no atendimento individual das mulheres”, diz o secretário de Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA