13/11/2021

MAUÁ DA SERRA - TRE reverte sentença e prefeito e vice são mantidos no cargo

 O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), reverteu a decisão do juiz da 76ª Zona Eleitoral, de Marilândia do Sul, que cassou os diplomas e arbitrou multa ao prefeito de Mauá da Serra, Hermes Wicthoff, e sua vice, Tânia Cristina de Macedo, em razão de suposto abuso de poder político. Desta forma, os dois são mantidos no cargo. "Anunciamos em junho deste ano, que conseguiríamos reverter a decisão, pois ela não fez justiça e teria que ser corrigida. O prefeito e sua vice não fizeram nada de errado, como sempre afirmamos. Mauá toda conhece a história de Hermes e Tânia e sabem da lisura que tratam a coisa pública. O TRE corrigiu uma injustiça", afirmou o advogado do prefeito e da vice, Maurício Carneiro. RELEMBRE O CASO -O prefeito de Mauá da Serra, Hermes Wicthoff, e sua vice, Tânia Cristina de Macedo, foram acusados por meio de uma ação movido por Givanildo Lopes e Fabio Caetano Alvez, de que teriam feito contratações em período pré-eleitoral. O juiz da 76ª Zona Eleitoral de Marilândia do Sul, sentenciou favoravelmente, mas a sentença foi revertida nesta sexta-feira (12), pelo TRE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA