14/11/2021

SÃO JOÃO - Embriaguez ao volante, furto, acidente, agressões e perturbação

EMBRIAGUEZ
- No dia 13 de novembro, 22h04min, na Rua Hermenegildo Montani, a Pm percebeu, na Avenida Curitiba, um Saveiro prata, cruzando a via em alta velocidade, sem parar na preferencial. Local em que há sinalização vertical. De pronto foi acompanhado o veículo, dada voz de abordagem. Constatou-se que possui débito de licenciamento, sendo o condutor identificado. Realizada busca pessoal e veicular, nada de ilícito foi localizado, o condutor, porém, apresentou sintomas de embriaguez. O teste aferiu 0,40 mg/l e valor considerado de 0,36 mg/l. FURTO - Já o furto, foi no dia 13 de novembro, às 20h25min, na Rua José Goncalves de Ávila, Distrito Santa Luzia. A Polícia Militar foi averiguar uma denúncia de lesão corporal, mas a solicitante, disse que, ao chegar em sua casa, por volta de 19h30, estava acompanhada de um amigo, e segundo ela, esse amigo, quebrou as janelas e a porta de sua casa, furtou sua TV e evadiu-se tomando rumo ignorado. Afirmou ainda ter feito uso de entorpecentes, juntamente, com o referido amigo. O acusado não foi encontrado. ACIDENTE - No dia 13 de novembro, 11h35min, Rua Paraná, Honda/Cg 125, transitando na rua Corifeu de Azevedo Marques, pela contramão de direção, segundo o boletim da PM, colidiu, transversalmente, com um Fiat/Cronos. O condutor da moto não possui CNH e foi encaminhado para o Hospital Municipal de São João do Ivaí. A motocicleta também possui débitos administrativos. AGRESSÃO - Dois casos de Lesão Corporal, no dia 13 de setembro, às 17h30min, no Sítio Santa Luzia, Água da Bulha, uma mulher disse que outra feminina, vem tendo contatos com seu marido. Então ligou para ela e disse que não queria mais isso. Na data em questão, a acusada foi até sua casa e a agrediu com tapas, chutes, murros, puxões de cabelo e, inclusive, jogou ela no chão. Tudo ocorreu próximo a filha, de 8 anos. A acusada não foi encontrada. Um segundo caso de lesão corporal, aconteceu, às 19h25min, na Rua Rogério Fábio, uma mulher também disse ter sido agredida por outra feminina, mas não soube dar muitos detalhes. PERTURBAÇÃO - No dia 13 de novembro, 22h41min, na Rua Ismael Emerenciano, em uma festa com várias pessoas, havia som com volume muito alto. O proprietário da casa, relatou que ali acontecia um evento, “chá revelação”, apenas para algumas pessoas da família. Ele se comprometeu em baixar o volume.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA