15/01/2022

CAMBIRA - Autor de assassinato em Mandaguari é apreendido em Cambira

O menor foi apreendido após ele e comparsas, confundir ambulância do SAMU com viatura da Polícia Militar.  Ele confessou dois assassinato na "guerra do tráfico" em Mandaguari 
    Um adolescente, de 16 anos, de Mandaguari, foi apreendido em Cambira, às 21 horas, de 14 de janeiro, de 2022. Ele estaria ligado a guerra do tráfico em Mandaguari, que resultou em mortes e pessoas baleadas nos últimos dias. Na ocorrência de Cambira, o boletim foi registrada como porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio e droga para consumo. O menor teria confessado que matou dois indivíduos em sua cidade e, na referida data, havia se envolvido em mais uma tentativa de assassinato  e saiu daquele município, em fuga para a região de Apucarana, mas quando estava chegando em Cambira, depararam com uma ambulância do SAMU, que fazia socorro em caso de surto psicótico. Ao perceber o giroflex ligado, o acusado e outros indivíduos, assustaram-se e abandonaram o carro que estavam, achando que fosse a polícia. Na fuga, para o meio do mato, chegaram a disparar tiros.
"Nossa equipe foi informada, que o Pálio de cor branca, havia parado em via pública em Cambira, quatro masculinos saíram correndo para um terreno baldio, após confundir a ambulância. Logo após, dois deles, perceberam que não era a PM, voltaram para o referido veículo e saíram sentindo a rodovia, sendo que o carro estava com o para-brisas com marcas de tiros", informou o boletim da Polícia Militar. Ao fugir da viatura do SAMU, o menor ficou sozinho a pé, e logo foi informado que ele estava pedindo ajuda em uma residência e querendo saber para que lado ficava a rodovia. Ao fazer patrulhamento, os soldados o encontraram na BR-376. "Ele confirmou que havia participado de uma tentativa de homicídio na cidade Mandaguari, assim como confessou que havia matado dois homens na mesma cidade, dias atrás, sendo eles: Rogério, conhecido como "Bucho" e William Cezar, o conhecido "Ditão". Informou ainda que havia escondido uma arma no terreno baldio, sendo ela localizada, uma pistola da marca Taurus, com duas munições intactas. Perguntado sobre quem estava com ele, relatou que só sabia o nome de um deles, que era Maicon. Sobre os assassinatos, disse que um dos mortos, havia ido até sua residência e quebrado o braço de sua mãe, além de ateado fogo em sua residência. Também que mataram seu tio Daniel Ramos, em um ataque, que tinha ele como alvo", informou o Destacamento de Cambira. O menor ainda estava com duas porções de entorpecentes de maconha, pesando 8.98 gramas. Ele foi levado para a delegacia de Apucarana e ficará a disposição das autoridades de Mandaguari. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA