04/01/2022

ESPORTES- Antônio e Hélio Ilídio de Borrazópolis homenageados em São Paulo

Hélio Ilídio e seu pai, o conhecido "Antônio da Galvão", estão em um livro que conta os 100 anos da história do time de Tambaú e Casa Branca-SP. Uma história que tem tudo a ver com Borrazópolis, no Paraná 
Nossa reportagem esteve na casa do senhor Antônio Ilídio da Silva, do município de Borrazópolis, mais conhecido como "Antônio da Galvão", apelido que recebeu, por ser o administrador da Fazenda Nossa Senhora de Aparecida, a conhecida "Fazenda Galvão". A sua história de sucesso, como administrador desta propriedade, é apenas uma parte da vida deste  pioneiro. A outra, é que, sendo Santista de coração, ele sempre foi um incentivador do esporte, inclusive, após deixar a fazenda, depois de décadas de trabalho, seu Antônio veio para a cidade e foi um dos importantes apoiadores do Departamento Municipal de Esportes, principalmente, em algumas gestões municipais, como no governo de Mário Cividini e Rodolfo Hider, que são ex-prefeitos e, segundo ele, foram os únicos que, na sua visão, realmente, incentivaram o esporte. Antônio tirava dinheiro bolso para patrocinar equipes e disputar campeonatos locais e regionais. Em 1981, seu filho, o Hélio Ilídio da Silva (Helião), foi transferido para gerenciar a Fazenda Santa Maria da Pinga, que fica na cidade de Tambaú, no interior de São Paulo,  divisa com a cidade de Casa Branca. "Seguindo o exemplo do meu pai, quando cheguei lá, na fazenda tinha um campo muito bonito. Eu assumi o time de Tambaú e Casa Branca. Formamos uma equipe muito boa e ganhamos destaque no Estado de São Paulo, inclusive, revelando jogadores profissionais. Também fazíamos um intercâmbio, trazendo a equipe para Borrazópolis, os quais passaram a conhecer os jogadores desta cidade, da época, como, por exemplo, o "Guinho do Detran" e o Dé Santana", disse Hélio Ilídio, que, atualmente, reside no Pará. Entre 84 e 85, alguns jogadores do Tambaú, vieram defender o BAC - Borrazópolis Atlético Clube, no campeonato em Jardim Alegre, e assim, os de Borrazópolis e região, também atuaram no estado de São Paulo.
RECONHECIMENTO - No final de 2021, Hélio e seu pai "Antônio da Galvão", foram convidados para um evento em São Paulo. Chegando lá, foram surpreendidos e se emocionaram com apresentação de um livro, contando a história dos 100 anos do time Casa Branca e Tambaú (um século). Neste livro, consta o nome de Hélio e seu pai, como um dos principais responsáveis pela história do esporte naquela região. Ambos também foram homenageados com uma "Placa", uma forma de dizer "muito obrigado", por tudo o que fizeram e incentivaram. Apesar desta história bonita, em Borrazópolis, seu "Antônio da Galvão", nunca recebeu nenhum reconhecimento público em sua cidade, mas não se disse magoado, apesar de desapontado, pois afirmou que tudo que fez, foi por amor e não para tirar qualquer proveito político ou algo parecido. O filho, conhecido como "Diva",  também lembrou, que quando seu irmão foi transferido para São Paulo, ele o substitui na Fazenda  e até mesmo o pai, que precisava sair para cuidar das equipes esportivas. ENCONTRO - No dia 01 de janeiro, de 2022, o prefeito Dalton Moreira, esteve na casa do senhor Antônio. Ele ofereceu apoio para realizar, na cidade, um encontro entre os atletas do Tambaú e Casa Branca, com Borrazópolis, que na época defenderam as cores destes municípios e formaram este intercâmbio inédito.  A partida de homenagem, deve ser agendada  para junho o julho. Ele também parabenizou Hélio, senhor Antônio, os demais filhos e todos aqueles que ajudaram a escrever a história do esportes, que continua servindo de exemplo e inspiração.  No link de vídeo, assista uma entrevista completa com Hélio, "Diva" e Antônio Ilídio, e entenda um pouco mais sobre o tema.  Eles também cintam vários outros moradores de Borrazópolis, que apoiaram e fizeram parte desta história.  (mais fotos no link abaixo)












Um comentário:

  1. Agradeço de coração a reportagem. Livro de minha autoria que conta a história do futebol de casa Branca do qual o Helião faz parte. Que Deus o abençoe e obrigado pelo que fez pelo esporte de nossa cidade.

    ResponderExcluir

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA