Páginas




 


30/05/2022

CRUZMALTINA- Desfalque em Lotérica passa dos 100 mil após sumiço de Leide

A suspeita é que a funcionária tenha viajado para o Paraguai após rombo nas contas da empresa. Ela está sendo alvo de um inquérito policial 
  Continua gerando notícias o desaparecimento de uma moça em Cruzmaltina. Seu nome, Leide Daiane, que nas redes sociais, usava o nome de Leh Cruz. A nova informação é que, da Lotérica onde trabalhava, a única de Cruzmaltina, o desfalque passa dos 100 mil reais e pode chegar a 140 mil.  A Polícia Civil confirmou que há um inquérito apurando o fato, mas não confirmou valores.   Um familiar saiu em defesa de Leide, dizendo não acreditar que ela tenha cometido tal delito. Ainda que ela é inocente e deve mesmo ter sido vítima de algum criminoso.  SOBRE O CASO - No dia 25 de maio, informamos que o delegado Dr. Ricardo Mendes, em entrevista, informou que a investigação do desaparecimento da Leide Daiane,  poderia ter outros rumos a partir de novas informações coletadas. A primeira vem do dono da Lotérica, o advogado Alceu, de Borrazópolis, que procurou a Polícia Civil, dizendo que pode haver um rombo financeiro, ou pelo menos, a falta de valores, na contabilidade da empresa.   Outro detalhe, é que o celular da jovem foi rastreado no Paraguai, mas, ao ouvir um amiga e familiares, eles teriam revelado a vontade que Leide expressava, em se mudar para aquele país, espontaneamente, portanto a conclusão pode ser que ela não foi vítima de nenhum crime.  Os novos detalhes ainda estão sendo checados.   DESAPARECIMENTO -  No dia 23 de maio, o Dr. Ricardo Mendes, de Faxinal (53ª DRP - Delegacia Regional de Polícia), disse que o celular da desaparecida foi rastreado no Paraguai. Confirmou ainda  a existência de cartas com conteúdos estranhos, ou seja, mensagens de despedida, as quais foram encontradas entre os seus pertences, na residência onde morava. Como noticiamos, entre 18 e  19 de maio de 2022, Leide, que mora com os avôs, é solteira e mãe de dois filhos, saiu sem dar notícias.  Quando do sumiço, ela estava usando um Fox prata.  Uma das amigas informou, que conversou com ela, através de mensagens de WhatsApp, até às 23:00 horas, no dia do desaparecido e que Leide informou que estava na cidade de Faxinal, porém não revelou o local exato. Outro fato estranho, é que o Facebook de Leide, teve algumas fotos apagadas, inclusive o perfil e a linha do tempo. No link abaixo, assista entrevista com delegado, da descoberta do rombo na Lotérica.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...